Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Empate no clássico goiano deixa Vila Nova fora do G-4

Restando nove rodadas para o final da competição, Internacional, América-MG, Paraná e Ceará se encontram no G-4, deixando Vila Nova e Juventude mais um ano na segundona. Quem está descendo para a Série C são ABC, Náutico, Santa Cruz e Luverdense. Confira abaixo como foi o fim de semana.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Crédito: Paraná Clube.

 

Empate em Goiás

Se fosse como no boxe que os juízes apontam o vencedor após o empate no tempo regulamentar, certamente os senhores do apito dariam este triunfo ao Vila Nova, que foi muito superior ao Goiás nos 90 minutos. No primeiro tempo, Alan Mineiro e Mateus Anderson perderam chances claras dentro da área Esmeraldinha. Os alviverdes só esboçaram alguma reação no segundo período, quando Júnior Viçosa chutou para fora após ter recebido um passe açucarado de Tiago Luís. Quem brilhou mesmo foi Marcelo Rangel, o goleirão do Goiás, que evitou o triunfo vilanovense. O empate sem gols valeu R$ 3,10 / um, segundo o  Oddsshark.com.

 

América-MG não deixou Inter escapar

O América-MG tem muito mais qualidade que o Luverdense. Sua superioridade foi comprovada logo aos sete minutos, quando Luan aproveitou cobrança de escanteio e estufou as redes. Aos 29′, Ernandes aproveitou um rebote e mandou um torpedo com endereço certo. É verdade que a bola desviou na zaga visitante, mas é gol do mesmo jeito. Dois minutos depois, os mato-grossenses conseguiram descontar com William. Na segunda metade, o Coelho administrou sua vitória e perdeu a chance de ampliar com Norberto, aos 31′. A coluna uma gerou 53% de lucro ao investidor, segundo as casas de apostas esportivas.

 

Abraço inimigo

O rebaixamento do Náutico é questão de tempo. O que não se esperava é que o Guarani, que chegou a lutar pelo G-4 durante boa parte do certame, iria brigar para evitar a zona maldita também. Em Caruaru, o Timbu precisou de apenas onze minutos para balançar a roseira. Foi com Rafinha, que aproveitou cruzamento fechado de Dico. Bruno Mota anotou o segundo tento pernambucano aos 31′ do segundo tempo. Alvirrubros e bugrinos podem ter chegado aos vestiários de mãos dadas, rumo ao descenso ao terceiro nível do Brasileirão. Segundo o Oddsshark.com, os três pontos dos locais geraram R$ 2,38 / um.

 

Ceará abriu quatro pontos para o quinto

O Ceará teve uma atuação digna de uma agremiação que visa galgar andares mais altos dentro da liga nacional. Encarando o Oeste em Barueri, a estratégia do Vovô foi clara em anular o meia artilheiro Mazinho. O Vovô teve quase toda a posse de bola, mas só foi exercer em números sua superioridade aos 32′ da segunda etapa. Romário recebeu pela esquerda, driblou o zagueiro e rolou para Richardson, que mandou o sapato indefensável para Rodolfo. O êxito nordestino rendeu R$ 2,31 / um. O Ceará, quarto colocado, abriu cinco pontos de margem para o quinto, Vila Nova.

 

Paraná firme

Diante de mais de 12.500 paranistas, o Criciúma foi muito corajoso em abrir a contagem logo aos 4′ do primeiro tempo. Alex Maranhão acertou uma cobrança de falta. Os paranaenses não se abateram, equilibraram as ações e chegaram à igualdade aos 16′, com Iago Maidana, que cabeceou um escanteio com perfeição. A virada da Gralha Azul veio aos 14′ do segundo período. João Pedro cobrou falta sem chances para o goleiro. Edson, mesmo sem alcançar a redonda, saltou e desviou os olhares, enganando a todos. De virada é mais gostoso. A recompensa para o investidor foi de 71%

 

Onze jogos depois

O ABC voltou a sentir o gostinho de uma vitória onze rodadas depois do último sucesso. Os alvinegros conseguiram tirar o zero do marcador contra o Boa aos 42′ do segundo tempo com Dalberto. A peleja foi bastante sem graça com poucas chances claras de gol. Os potiguares continuam na lanterna e devem mesmo ser rebaixados, enquanto que a representação mineira perdeu a oportunidade de se manter perto dos quatro primeiros lugares. O triunfo dos anfitriões pagou R$ 3,33 / um.

 

Brilhou o goleiro Regatista

Paysandu e CRB protagonizaram um belo dérbi Norte-Nordeste pela segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Se alguém merecia sair do gramado comemorando, este alguém foi o Bicolor que se impôs no campo ofensivo durante boa parte do enfrentamento. Só que os alagoanos contam com o arqueiro Edson Kölln, que salvou os alvirrubros em pelo menos três ocasiões. O 0 a 0 recompensou em R$ 3,14 / um.

 

Veja outros odds no Torcedores.

 

29ª Rodada:

Segunda-feira, 09 de outubro:

Internacional 1×0 Brasil de Pelotas (R$ 1,27)

 

Sexta-feira, 13 de outubro:

Paysandu 0x0 CRB (R$ 3,14)

Paraná 2×1 Criciúma (R$ 1,71)

Juventude 0x2 Londrina (R$ 3,78)

 

Sábado, 14 de outubro:

ABC 1×0 Boa (R$ 3,33)

América-MG 2×1 Luverdense (R$ 1,53)

Figueirense 2×1 Santa Cruz (R$ 2,21)

Vila Nova 0x0 Goiás (R$ 3,10)

Náutico 2×0 Guarani (R$ 2,38)

Oeste 0x1 Ceará (R$ 2,31)

 

Classificação:

Internacional – 57 – Campeão + Série A.

2º América-MG – 54 – Série A.

3º Paraná – 52 – Série A.

4º Ceará – 51 – Série A.

5º Vila Nova – 47

6º Oeste – 47

7º Juventude – 45

8º Criciúma – 42

9º Londrina – 40

10º Brasil de Pelotas – 37

11º Paysandu – 37

12º Boa – 37

13º CRB – 36

14º Goiás – 35

15º Figueirense – 35

16º Guarani – 34

17º Luverdense – 34 – Série C.

18º Santa Cruz – 29 – Série C.

19º Náutico – 26 – Série C.

20º ABC – 21 – Série C.