F1: as contas de Hamilton e Vettel para o título da temporada 2017

Restam apenas cinco provas para o término da temporada 2017 da F1, e chegou a hora de pilotos e equipes que ainda sonham com o título pegarem a calculadora e darem inicio as contas. Confira o que Hamilton e Vettel precisam fazer para conquistarem mais um campeonato mundial.

Rodrigo Nascimento dos Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Twitter

A diferença entre líder e vice-líder da temporada 2017 da F1 nunca esteve tão alta: são 34 pontos que separam os dois grandes candidatos ao título, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel. E ambas as equipes já estão realizando as contas para conquistarem o mundial.

No caso de Lewis Hamilton, a vantagem permite ao inglês a administrar melhor os resultados nas próximas corridas. Naturalmente por ser líder, tudo que o piloto da Mercedes precisa fazer é chegar a frente de Vettel nas cinco etapas que restam no campeonato. Porém, se olharmos o restrospecto do campeonato, será possível notar que o inglês venceu oito provas, e nas demais, terminou sempre atrás do piloto da Ferrari.

Mas, a situação pode ficar mais tranquila para Hamilton: caso consiga vencer uma das próximas cinco provas, basta chegar em terceiro lugar nas demais corridas para garantir o tetracampeonato, mesmo que sejam vencidas por Vettel. Mas vale ressaltar: a própria Mercedes está preocupada com o rendimento dos carros, que aparentemente, estão abaixo dos carros da Ferrari, e talvez, até mesmo atrás da Red Bull.

Já Sebastian Vettel é quem está mais preocupado com as contas. Existe uma fórmula simples, mas difícil de ser realizada: vencer todas as cinco provas que restam no campeonato. Com isso, independente dos resultados de Hamilton, o piloto alemão garantirá o pentacampeonato. Mas, vale lembrar que até o momento, o piloto da Ferrari venceu 4 corridas em 15 etapas realizadas.

A situação é tão complicada para Vettel, que mesmo se ele vencer “apenas” quatro das cinco provas, terá que torcer para que Hamilton não consiga nenhum resultado melhor que o terceiro lugar nas provas restantes. Para o alemão, um terceiro lugar em uma das cinco provas, diminui drasticamente sua possibilidade de título.

Por causa das contas, uma nova equipe passa a ganhar importância na etapa final: a Red Bull. Mas, em quinze provas até o momento, em apenas cinco delas, tivemos um carro da equipe rubro taurina entre os dois rivais pelo título de 2017. Com calculadora na mão, e pé no acelerador, a briga pelo título deste ano ainda está longe de acabar…

Contas para o título:

Hamilton – chegar na frente de Vettel nas cinco provas restantes; Vencer uma das cinco provas e terminar as demais na terceira colocação (chegaria 366 pontos, contra 365 de Vettel).

Vettel – vencer as cinco provas restantes do campeonato (372 pontos, Hamilton chegaria no máximo a 371); Vencer quatro provas e torcer para Hamilton conquistar no máximo, terminar as provas restantes na terceira colocação (Vettel terminaria o campeonato com 347 pontos, contra 341 de Hamilton).

LEIA MAIS:
F1: HAMILTON AUMENTA VANTAGEM PARA VETTEL; CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO APÓS O GP DA MALÁSIA
F1 2017: CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL DE CONSTRUTORES APÓS O GP DA MALÁSIA