F1: Hamilton lidera primeiro treino livre nos Estados Unidos

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Getty Images

Lewis Hamilton foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, 17ª etapa da temporada 2017 da Fórmula 1. Em uma atividade realizada nesta sexta-feira (20) no Circuito das Américas, em que a pista começou úmida e que contou com o asfalto seco na segunda metade, o inglês da Mercedes marcou em seu melhor giro 1min36s335, usando os pneus supermacios.

A segunda posição acabou nas mãos de Sebastian Vettel, da Ferrari, que acabou superado em 0s593 pelo rival na briga pelo título mundial. Valtteri Bottas, com a outra Mercedes, se colocou no terceiro posto da sessão, e foi seguido por Max Verstappen, que renovou seu contrato com a Red Bull nesta sexta-feira.

Felipe Massa teve um bom desempenho na sessão e acabou com o quinto melhor tempo com a Williams, deixando Kimi Räkkönen, da Ferrari, em sexto. Stoffel Vandoorne colocou a McLaren em sétimo, e viu a dupla da Force India ficar logo atrás dele, com Esteban Ocon à frente de Sergio Pérez. Lance Stroll, com a outra Williams, foi o décimo.

O segundo treino livre no Circuito das Américas está marcado para 17h, pelo horário brasileiro de verão. O Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 será disputado no domingo (22), também às 17h.

Confira como foi o TL1 em Austin

A primeira atividade do final de semana da Fórmula 1 no Circuito das Américas foi iniciada pontualmente às 13h, pelo horário brasileiro de verão, com a pista molhada por conta de uma garoa que atingiu a região do autódromo texano momentos antes do início da sessão. Assim, os pilotos partiram rapidamente à pista com pneus intermediários.

O primeiro piloto a registrar tempo foi Valtteri Bottas, que logo foi superado por Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes que marcou 1min50s146 com os intermediários. A sessão seguiu com os pilotos da Red Bull marcando suas primeiras voltas, e Max Verstappen se colocou na segunda posição, ao passo que Daniel Ricciardo aparecia em quarto.

A pista úmida fez com que Ricciardo rodasse na pista, fato que aconteceu também com Sean Gelael, da Toro Rosso, e Esteban Ocon, da Force India. As posições se mantiveram inalteradas até o 25º minuto da atividade, quando Stoffel Vandoorne se colocou na segunda posição com a McLaren, enquanto Verstappen tomou a ponta da classificação ao fazer 1min47s922.

Antes do término da primeira meia hora de atividade, a Ferrari mandou Sebastian Vettel à pista, e viu o alemão marcar o segundo tempo. Pouco depois, Felipe Massa colocou a Williams ao segundo lugar. Na sequência, o brasileiro tomou a ponta da tabela de tempos com 1min47s692, ainda com pneus intermediários.

Vettel foi o primeiro a registrar tempo com os pneus supermacios, e fez 1min45s960, tomando a liderança da sessão. Depois, os pilotos foram aos boxes quando o relógio apontava 45 minutos de treinamento. A pista continuou secando e Ricciardo marcou 1min40s297 com os pneus supermacios em sua Red Bull.

A McLaren revelou pelo Twitter que Fernando Alonso não participaria do TL1 por conta de problemas hidráulicos. A atividade seguiu e Brendon Hartley, piloto que estreia na categoria neste final de semana, fez o segundo melhor tempo com a Toro Rosso, logo sendo superado por Lance Stroll, Nico Hülkenberg e Kimi Räikkönen.

Verstappen tomou a liderança da atividade por alguns instantes, até que Lewis Hamilton fez 1min36s935 com a Mercedes. Esteban Ocon, por sua vez, se colocou em quinto com a Force India, mesmo andando com os compostos macios. Na sequência, o líder do campeonato marcou 1min36s335, ampliando sua frente.

Restando menos de 15 minutos para o final da sessão, a chuva voltou a atingir o Circuito das Américas, e impediu que a maioria dos pilotos melhorassem os tempos de volta. Melhor para Hamilton, que fechou o treinamento na frente.

Foto: Getty Images