Extra-campo

Fifa deixa Palmeiras e Fluminense sem Mundiais e “quebra” a Internet; veja memes

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Reprodução/Twitter

A sexta-feira começou animada nas redes sociais no Brasil pela decisão legítima da Fifa em reconhecer os títulos de 1992 e 93 do São Paulo, os de 62 e 63 do Santos, o de 81 Flamengo e o de 83 do Grêmio como mundiais. O próprio Tricolor, em 2005, o Corinthians (2000 e 2012) e o Internacional (2006) foram vencedores do novo formato do torneio e já constavam na lista. Quem ficou de fora, no caso, Palmeiras e Fluminense, obviamente virou motivo de piada dos rivais.

Principalmente o Palmeiras voltou a ser alvo dos são-paulinos, corintianos e santistas, que nunca aceitaram a decisão de 2014 da Fifa, então presidida por Joseph Blatter, em reconhecer o Verdão como primeiro campeão mundial – após o título da Copa Rio de 1951. O novo mandatário da entidade, Gianni Infantino, negou a chancela pouco depois de assumir o cargo, dizendo que só reconhecia oficialmente os melhores do torneio a partir de 2000.

A decisão desta sexta-feira, que teve pressão da Conmebol, fez com que São Paulo, Santos, Grêmio e Flamengo entrassem no pelotão, porém a Copa Rio de 1951 ficou fora da pauta. A de 1952, conquistada pelo Fluminense, também foi desfalque. Imagina a zoeira que tomou conta das redes sociais contra os palmeirenses e tricolores.

Veja os memes que rolaram:

LEIA TAMBÉM:
Veja quais os clubes brasileiros que foram “ignorados” na decisão da Fifa de reconhecer Mundiais