Futebol

Edu Gaspar revela conversa com Flamengo que vetou Vinícius Jr. no Mundial sub-17

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Flamengo

Crédito: Foto: Divulgação/CBF

O Brasil está nas semifinais do Mundial sub-17 e vai encarar a Inglaterra nesta quarta-feira (25), às 9h30 (horário de Brasília), por uma vaga na decisão. No entanto, a maior estrela do time comandado pelo técnico Carlos Amadeu não está na Índia, local da competição. Vinicius Júnior, atacante do Flamengo, não foi liberado pelo clube carioca para participar do torneio.

Em participação no programa “Bem, Amigos”, do SporTV, Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, revelou que o presidente Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, vinculou a liberação do jovem jogador à conquista da Copa do Brasil pelo time carioca, o que não ocorreu – o Fla perdeu a decisão para o Cruzeiro.

O Bandeira linkou o resultado (perda do título) à liberação. Fui ao Ninho e conversei com Bandeira, Fred e Rodrigo Caetano para tentar entender. Eu não quero entrar no mérito do Flamengo. Disse que respeitava a posição, mas pedi para entenderem a nossa frustração. No fim, acabamos tudo bem“, explicou Edu Gaspar, que revelou ainda uma conversa anterior com o próprio Vinicius Júnior.

Eu liguei pessoalmente para o Vinicius e pedi para ele não se envolver no imbróglio. Caso se posicionasse pedindo a liberação ao Flamengo para jogar o Mundial não seria positivo. E do outro lado a mesma coisa. Eu disse: ‘Você não se mete’ e pedi que ele tivesse calma“, disse.

Aos 17 anos, o atacante do Flamengo é considerado uma das grandes promessas do futebol brasileiro e foi negociado recentemente com o Real Madrid pelo valor de 45 milhões de euros – deve se transferir para a Espanha em junho de 2018, quando tiver completado 18 anos.

Vinicius foi vendido pelas atuações no Sul-Americano sub-17 com a Seleção Brasileira… e não pôde jogar o Mundial“, finalizou o dirigente da CBF.

Opinião de Tite

Questionado se a ida de Vinicius Junior ao Mundial sub-17 faria bem ao atleta, o técnico da Seleção Brasileira principal foi incisivo.

A experiência é fundamental. O atleta cresce em grandes competições com a seleção brasileira. É diferente dos clubes. Fica com a naturalidade de jogar com a Seleção Brasileira“, opinou o treinador, que também participou do programa.

LEIA MAIS:

ROGER FLORES BRINCA SOBRE APELIDO NO CORINTHIANS: “QUASE FIZ COMERCIAL DAS HAVAIANAS”

MERCADO DA BOLA: REAL MADRID TEM ACERTO COM JOIA DO PALMEIRAS PARA 2018

BARCELONA TEM INTERESSE EM JOIA DO FLA, REVELA JORNAL ESPANHOL

MERCADO DA BOLA: JOVEM LATERAL DISPENSADO PELO FLA ASSINA COM O FLU