Futebol

“Esse é o futebol que temos que jogar”, dizem jogadores do São Paulo após bater o Flamengo

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com força, raça e sangue nos olhos, o São Paulo se superou neste domingo (22) e venceu o Flamengo por 2 a 0, no estádio do Pacaembu, com grande atuação coletiva. Em alerta deste o primeiro minuto, o time de Dorival Júnior abriu o placar logo no início, ampliou antes do intervalo e soube administrar o resultado que o deixa longe da zona de rebaixamento.

Após a partida, Hernanes, Sidão e Jucilei elogiaram o empenho da equipe e classificaram o futuro do jogo como o ideal para o clube engatar sequência de vitórias na competição.

Esse é o futebol que temos que jogar. Mais do que o futebol, foi a atenção que tivemos, a marcação forte. Conseguimos neutralizar o Flamengo no primeiro tempo e tivemos atenção altíssima no segundo para conquistar a vitória. Trabalhamos muito bem. Esse é o espírito, e vamos tentar manter isso nos próximos jogos”, avaliou Hernanes.

É inadmissível jogar como fizemos na rodada passada, então não queremos deixar que este espírito acabe nas próximas partidas. Nossa equipe se cobrou bastante. Lamentamos os jogos passados, mas vamos tentar manter isso para ter uma consistência melhor. Hoje, fomos mais consistentes e soubemos vencer”, acrescentou o capitão, autor do segundo gol tricolor diante dos cariocas.

Na saída do gramado, Sidão, que viveu dia de herói novamente com defesas que impediram a chegada do Flamengo, contou que  o grupo são-paulino estava se cobrando. “A gente tem se cobrado muito pra manter a intensidade e o ritmo, mas infelizmente fora de casa os adversários se expõe, jogam mais ofensivo. A gente acaba se preocupando mais em defender e ficamos muito recuados e isso faz com que o adversário crie muita oportunidade“, destacou o goleiro.

Jucilei também ressaltou que a postura da equipe neste final de semana é um exemplo para livrar o clube da fase ruim. “A gente sabia que não poderia tropeçar. Enfrentamos um adversário qualificado, e por isso entramos focados para conquistar a vitória. Fomos agressivos no primeiro tempo e isso foi importante. Felizmente o resultado veio”, finalizou o meio-campista.

Com o triunfo, a equipe são-paulina fica estacionada na 14ª colocação, agora com 37 pontos em 30 jogos. Na próxima rodada, novamente diante de seu torcedor, o Tricolor tentará manter a boa fase no Estádio Paulo Machado de Carvalho diante do Santos: o clássico será disputado no sábado (28), às 17h.

LEIA MAIS
JUCILEI É DESTAQUE NA VITÓRIA DO SÃO PAULO: “ESTAVA ESPERANDO A OPORTUNIDADE”
DORIVAL ELOGIA ATUAÇÃO DE JUCILEI, NEGA DESENTENDIMENTO E DIZ NÃO SER LOUCO DE TIRÁ-LO DO TIME
SÃO PAULO VENCE, RESPIRA NO BRASILEIRÃO E FAZ DO FLAMENGO PIADA NAS REDES SOCIAIS