Vozes da marca

Grávida, lutadora do UFC diz quase ter batizado filha com nome de rival

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Instagram Julianna Peña

Grávida da primeira filha, Julianna Peña está afastada do UFC para cuidar do nascimento de Isabella. Uma menina que por pouco não foi batizada com o nome de ‘Valentina’ por causa de Valentina Shevchenko, rival na divisão dos galos do Ultimate.

A revelação foi feita ao programa ‘The MMAHour’. E envolve uma história bastante interessante com a luta de Shevchenko, que venceu Peña por finalização em janeiro deste ano, no UFC 215 contra a brasileira Amanda Nunes.

“É uma história engraçada. Não assisti a luta mas eu disse que, se a Valentina vencesse, eu daria o nome dela para minha filha. Depois, fui ver o resultado da luta. Eu gosto muito do nome ‘Valentina’, acho bonito. Mas como ela não venceu, decidi não batizá-la desse nome” contou ‘The Venezuelan Vixen’.

Curiosamente, a obsessão pelo nome não vem diretamente do fato da algoz também se chamar Valentina. Mas sim de uma história contada por um empresário, que a fez gostar e considerar que sua filha se chamasse assim.

“Isso veio bem antes da Valentina entrar no UFC. O Danny Rubenstein me contou uma história de uma moça que ele conheceu e que fazia uns vestidos lindos. Perguntei o nome dela e ele me disse ‘Valentina’. E pensei que era um nome bonito. Então, toda vez que me perguntavam se eu tivesse um filho, qual nome eu daria, eu sempre dizia Valentina”, comentou,.

LEIA MAIS

FOTOS: ESPOSAS DE CRAQUES E LENDAS DO FUTEBOL PARTICIPAM DO FIFA THE BEST

CAMPEONATOS DE KUNG FU INVADEM A CIDADE DE SÃO PAULO

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram Julianna Peña)

A GMS é uma empresa jovem, atual e global, líder em desenvolvimento de plataformas de relacionamento e oportunidades de negócios na indústria esportiva na América Latina, organizando desde congressos até viagens de Networking.