Futebol

Grêmio x Barcelona-EQU: arbitragem para o jogo da volta está definida

Publicado às

Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.

Grohe Grêmio x Barcelona

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) definiu os árbitros dos jogos da volta das semifinais da Copa Libertadores da América de 2017. Na próxima quarta-feira, às 21h45min (horário de Brasília), em Porto Alegre, um trio chileno será responsável por apitar a partida entre Grêmio e Barcelona-EQU.

Para o jogo do Tricolor Gaúcho, que acumulou grande vantagem na ida, a Comissão de Árbitros da Conmebol escalou o chileno Roberto Tobar. Os auxiliares escolhidos foram Carlos Astroza e Christian Schiemann, enquanto o paraguaio Mario Diaz de Vivar será o quarto árbitro.

Novidade na semifinal da edição desse ano, a tecnologia de vídeo será comandada pelo também chileno Julio Bascuñan. O venezuelano Jesús Valenzuela e o paraguaio Milciades Saldivar também farão parte do sistema de assistência por vídeo.

Para chegar a semifinal, o Grêmio tem vantagem. No primeiro jogo, em pleno Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guyaquil, no Equador, Luan marcou duas vezes, Edilson fez de falta e o placar terminou em 3×0.

Agora, o Tricolor Gaúcho pode empatar ou até perder por dois gols de diferença que fica com a vaga. O Barcelona-EQU, para classificar, terá que vencer por quatro gols ou três, isto se o placar foi acima do 4×1. Um novo 3×0, desta vez para os equatorianos, levará a decisão para as cobranças de penalidades máximas.

Roberto Tobar (direita, de amarelo) apita Grêmio x Barcelona. Foto: Divulgação/Conmebol

No outro confronto…

Um dia antes do Grêmio decidir sua vida na competição, o Lanús recebe o River Plate precisando reverter a derrota por 1×0, sofrida no Monumental de Nuñez.

Para o duelo de argentinos, o trio escalado foi colombiano, com Wilmar Roldan (à esquerda, na foto) no comando, sendo auxiliado Alexander Guzman e Cristian de la Cruz. Os uruguaios Andres Cunha e Nicolas Tarán, além do boliviano Gery Vargas, vão compor a equipe de arbitragem tecnológica.

Depois de triunfo em casa, o River joga por um empate ou uma derrota por um gol de diferença, contanto que volte a balançar as redes. O Lanús, por sua vez, precisa vencer por dois gols.

LEIA MAIS:

GERAL DO GRÊMIO VIAJA CINCO DIAS DE ÔNIBUS, MARCA PRESENÇA E GANHA ELOGIO DE RENATO
IMPRENSA INTERNACIONAL EXALTA DEFESA DE MARCELO GROHE: “MÃO DE DEUS
“O GRÊMIO DÁ AULA DE FUTEBOL”: NARRADOR SE EMPOLGA EM VITÓRIA GREMISTA NA LIBERTADORES
FERNANDINHO FALA SOBRE FUTURO ‘INCERTO’ NO GRÊMIO: “NÃO SEI O QUE VAI ACONTECER”