Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Grêmio traça estratégia para recuperar lesionados até o embate contra o Barcelona-EQU

Nas próximas três semanas o Grêmio irá ter como grande foco a recuperação de seus atletas que estão sob os cuidados do departamento médico. Neste momento, com exceção de Maicon, que só volta na próxima temporada, estão no estaleiro Barrios, Edílson, Luan, Arroyo, Michel, Fernandinho e Douglas. Para completar, Cristian e Patrick deixaram o último compromisso da equipe, disputado diante do Fluminense, com dores musculares.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Site Oficial do Grêmio

Em várias coletivas de imprensa, o técnico Renato Portaluppi evitou reclamar das ausências e torce para que o departamento médico do Tricolor Imortal consiga recuperar os lesionados em até três semanas . Entre os atletas, Michel até o momento tem o problema mais grave, pois passou por uma artroscopia e só deve retornar a campo dentro de 20 e 30 dias. Por outro lado, Arroyo sentiu dores na coxa esquerda e ainda depende de novos exames para constatar a gravidade da lesão.

De acordo com Márcio Bolzoni, médico do Grêmio, em caso de uma lesão mais grave, Arroyo poderia ficar no estaleiro por até 15 dias. Inclusive, esta mesma previsão de recuperação foi feita para os casos de Barrios e Edílson. No caso do atacante, devido a uma dor na coxa direita, enquanto o lateral reclama de dores lombares.

Já Fernandinho, aparentemente é o atleta que possui melhores condições entre os contundidos, pois sofreu uma lesão muscular na coxa direita, mas de grau moderado e a previsão é que após uma semana possa estar novamente à disposição de Renato. Vale lembrar que, se a previsão for mantida, o atacante é o único que deve enfrentar o Cruzeiro, compromisso que antecede o importante jogo do Grêmio na Libertadores contra o Barcelona-EQU.

LEIA MAIS:

GRÊMIO X FLUMINENSE: ASSISTA AO GOL DA PARTIDA VÁLIDA PELO BRASILEIRÃO