Futebol

Jean rasga elogios a Zé Ricardo e fala das vantagens em tê-lo contra o Flamengo

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Zé Ricardo completa nesta semana dois meses de trabalho no Vasco. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o volante Jean fez elogios ao comandante e destacou o carinho de todos os atletas por ele.

“O Zé é fenomenal, do bem, todos gostam dele. Quando ele saiu do outro clube recebeu mensagens dos outros jogadores parabenizando. Quando ele chegou nós sabíamos do potencial, mas nos surpreendemos pela maneira de estudar o adversário, apresentar para nós e individualmente. Chama cada jogador, conversa e faz com que o grupo produza mais”, disse Jean.

Pela primeira vez, Zé Ricardo treinará o Vasco contra o Flamengo, clube que dirigiu até o início de agosto. Jean falou das vantagens em tê-lo no clássico do próximo sábado, no Maracanã, pela 31ª rodada do Brasileirão.

“Claro (que temos vantagem) (risos). Temos que usar toda a arma possível. Ainda bem que temos o Zé do nosso lado, aproveitar que ele conhece o ponto forte e fraco e trabalhar em cima disso“, declarou.

O volante despistou e não quis entrar em muitos detalhes em relação às dicas que Zé passou aos atletas vascaínos.

“O Zé é um cara esperto. Como esteve lá (no Flamengo), conhece, chega na gente e fala “melhor fazer isso, por esse lado, porque acontece isso”. Para os volantes ele dá um toque sobre os meias. Mas você não quer que eu abra o jogo, né (risos)? “, explicou.

Ao contrário do arquirrival, que entra em campo nesta quarta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã, pelas quartas de final da Sul-Americana, o Vasco tem a semana livre para se preparar para o clássico. Jean crê que o cruzmaltino terá mais vantagem no aspecto físico no sábado.

“Com certeza. A maior vantagem é o descanso. Viemos numa batida grande, jogo contra Avaí desgastante, Botafogo, Atlético-GO, questão de uma semana. Desgasta um pouco, contra o Coritiba foi corrido. O principal para o clássico é estar focado, trabalhando, mas essa baixada de carga de jogos também. O Flamengo pode chegar mais desgastado. Para mim a maior vantagem é essa”, falou.

O Vasco é o oitavo colocado do Brasileirão, com 43 pontos ganhos, e se vencer o clássico, ultrapassará o arquirrival para assumir a sétima colocação.

VEJA MAIS:

Wellington comenta críticas da torcida e analisa clássico contra o Flamengo

Veja o que mudou no Vasco desde o último clássico contra o Flamengo