Marcelo Grohe comenta provocação feita por Jorge Almiron, técnico do Lanús

Um dos principais personagens do Grêmio na quarta-feira, durante a soberana vitória por 3×0 sobre o Barcelona, em Guayaquil, o goleiro Marcelo Grohe adotou um discurso de humildade e pés no chão mesmo ao falar sobre a sua incrível defesa no chute do centroavante Ariel, que poderia ter deixado o clube equatoriano mais vivo na briga pela vaga à final da Libertadores. Mas essa mesma humildade parece ter faltado a quem está do outro lado da chave.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Fox

Virtualmente classificado à decisão, o Grêmio vai esperar o vencedor do confronto entre os argentinos River Plate e Lanús em uma provável final. No jogo de ida, no Monumental de Nuñez, o River fez valer o mando de campo e venceu por 1×0. No entanto, o técnico do adversário não só mantém a confiança sobre a possível ida à final como também provocou o Grêmio.

“O importante é que uma equipe argentina vai chegar à final. Vi o Grêmio, se nós passarmos do River, não vai ser tão complicado. Eu, pelo menos, vejo assim”, provou Jorge Almiron, técnico do Lanús, em entrevista ao canal argentino TyC Sports.

Para Almiron, o campeão da Libertadores sairá do lado da chave em que River Plate e Lanús se enfrentam. Marcelo Grohe, ponderado como de costume, preferiu não entrar na polêmica e amenizou a provocação feita por Almiron. O goleiro gremista falou sobre o tema em entrevista à Fox Sports nesta sexta-feira.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“A gente está focado no nosso trabalho, temos que fazer a nossa, se classificar e ir pra final. O foco é total nisso, tivemos a oportunidade de curtir essa vitória. É foco e pezinho no chão sem nenhum tipo de soberba para não ser surpreendido, não podemos cair nessas brechas. O que o treinador falou, não temos que entrar em confusão e polêmica, se tiver jogo contra eles vamos analisar o time deles, e eles o nosso. Eles ainda têm o confronto contra o River”, argumentou.

Com uma larga vantagem, o Grêmio jogará a final até mesmo se perder por dois gols de diferença para o Barcelona, na quarta-feira que vem, na Arena. Um dia antes, o Lanús, em casa, terá de reverter o 1×0 sofrido no primeiro jogo para o River Plate.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Futebol ou UFC? Zagueiro do Grêmio viraliza com aquecimento pré-jogo

“O Grêmio dá aula de futebol”: Narrador se empolga em vitória gremista na Libertadores

Bolaños publica foto provocando rival e comemorando vitória do Grêmio

Gremista assumido, Tcheco vibra e se empolga em vídeo: “Não adianta secar”