DESTAQUE

Meia diz que foi instruído pelo próprio técnico a provocar Neymar: “Consegui irritá-lo”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Neymar

Crédito: Reprodução

O meia Andre-Frank Zambo, do Olympique de Marselha, recebeu uma missão um tanto quanto inusitada no último domingo. De acordo com o próprio atleta, o técnico Rudi García pediu para que ele provocasse Neymar durante a partida contra o PSG que acabou em 2 a 2.

Em entrevista ao jornal francês ‘L’Équipe’, Zambo falou sobre o pedido do treinador. “Minha função era ficar ‘cutucando’ Neymar. O treinador me alertou que ‘ele tem um talento enorme, mas pode ficar louco’. Então, sem fazer faltas feias e simplesmente segurando o jogo aqui e ali, às vezes o derrubando, consegui irritá-lo. Ele começou o jogo bem tranquilo, mas depois acabou ficando nervoso”, revelou.

E a estratégia deu certo. Apesar de marcar um dos gols do empate em 2 a 2, Neymar foi expulso depois de receber dois cartões amarelos em sequência. Na segunda vez, o brasileiro estava claramente irritado com o marcador.

O histórico temperamental de Neymar motivou Rudi García que ainda salientou que não queria machucar o atacante do PSG, e sim irritá-lo. Sendo assim, ele cometeria algum erro, como foi o que aconteceu. “Essas foram nossas instruções e nós definitivamente pegamos mais pesado com ele do que com o resto dos jogadores (…) Porém, quero que fique claro que a intenção não foi machucá-lo em nenhum momento”, completou o meia do Olympique.

Neymar não sofreu apenas com a ‘marcação especial’ do rival do PSG. O camisa 10 demorou quase dois minutos para cobrar um escanteio na partida, pois os torcedores próximos do campo começaram a arremessar objetos em direção do brasileiro. Ele desfalcará o time parisiense diante do Nice, na sexta-feira.

LEIA MAIS

VEJA QUANTO VALE A SELEÇÃO DOS 11 MELHORES DO MUNDO E O QUE SERIA POSSÍVEL FAZER COM O VALOR