Futebol

Na Argentina, Boca Juniors joga em casa para manter 100% enquanto segundo pelotão tenta seguir vivo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Treino do Boca Juniors

Foto: Treino do Boca Juniors

Crédito: Foto: Boca Juniors/Facebook oficial

Enquanto o River Plate segue firme na briga por mais um título da Copa Libertadores, seu arquirrival Boca Juniors aproveita para se distanciar dos concorrentes na liderança do Campeonato Argentino. Nas últimas três rodadas, com o foco dividido entre a competição nacional e a liga nacional, o River só empatou. Resultado: perdeu seis pontos e viu o Boca – que segue fazendo uma campanha perfeita, com 100% de aproveitamento – disparar na ponta.

Com seis vitórias em seis jogos e quinze gols marcados e apenas um sofrido, o Boca do técnico Guillermo Barros Schelotto faz uma campanha irrepreensível até aqui. O River vinha mantendo o mesmo ritmo de seu odiado rival até a quarta rodada, quando começou sua seca de vitórias – motivada, pelo menos em parte, pela decisão de poupar alguns jogadores para o mata-mata contra o Lanús pela Libertadores. Vale lembrar que o River também disputa simultaneamente a Copa Argentina, torneio do qual o Boca já foi eliminado.

Na sétima rodada da Superliga Argentina (como o atual formato do campeonato nacional é chamado), o Boca joga em casa, com ótimas possibilidades de manter ou até ampliar sua vantagem no topo da tabela. Por coincidência, todos os quatro clubes que vêm no segundo pelotão (empatados com 12 pontos, contra 18 do Boca) jogam como visitantes no fim de semana. Ou seja: é provável que, ao fim da rodada, o Boca tenha deixado pelo menos parte dessa concorrência ainda mais distante.

Líder é favorito disparado
Como não poderia deixar de ser, este Boca embalado na ponta é uma barbada nas projeções das casas de apostas esportivas. O líder recebe o Belgrano, que está no meio da tabela, na casa. Conforme o site Oddsshark.com, nenhum outro time é tão favorito a vencer nesta rodada, com a vitória do Boca pagando R$ 1,42 a cada R$ 1,00 investido. Empate devolve R$ 4,09/R$ 1,00 e uma zebra em plena Bombonera retorna nada menos de R$ 7,41/R$ 1,00. O Boca deixará de ter 100% de aproveitamento em algum momento, mas dificilmente será nesse jogo.

Mistão do River vai a Córdoba
Em situação normal, a equipe do técnico Marcelo Gallardo chegaria bem cotada para a partida contra o Talleres, mesmo jogando fora de casa. O River, contudo, deverá levar uma formação alternativa a Córdoba, pensando no jogo de volta das semifinais da Libertadores contra o Lanús. Além disso, o Talleres faz bom papel na Superliga e está apenas um ponto atrás do River. Com isso, a equipe da casa é favorita. Segundo o Oddsshark.com, vitória do Talleres paga R$ 1,92 a cada R$ 1,00 aplicado, enquanto um triunfo dos reservas de Gallardo devolve R$ 3,95/R$ 1,00 (empate retorna R$ 3,26/R$ 1,00).

Concorrentes também jogam fora
Assim como o River, o Lanús deve poupar esforços em sua partida pela Superliga, contra o Huracán. A situação é muitíssimo parecida: o Lanús tem os mesmos 12 pontos do River e também vai jogar fora de casa contra uma equipe que vem logo atrás, com 11. Com isso, o Huracán é favorito, pagando R$ 1,82/R$ 1,00 em caso de vitória. Se o Lanús vencer mesmo com um time misto, o retorno será de R$ 4,58/R$ 1,00 (empate devolve R$ 3,18/R$ 1,00).

As outras duas equipes que somam 12 pontos, San Lorenzo e Colón, também jogam fora – contra Temperley e Banfield, respectivamente. Como ambas disputam apenas a Superliga, vão jogar com força máxima, tendo mais chances de não deixar o Boca escapar ainda mais. A missão mais simples é a do San Lorenzo. O Ciclón pega o modestíssimo Temperley, que está em 23o lugar (a Superliga tem 28 participantes). Vitória do time do papa Francisco paga R$ 1,93/R$ 1,00, enquanto um triunfo do Temperley retorna R$ 3,96/R$ 1,00.

Confira os jogos da 7a rodada da Superliga Argentina 2017-2018:

27/10 – 20:05 – Banfield (R$ 1,98) x Colón (R$ 3,83); empate (R$ 3,16) – Palpite: Banfield
27/10 – 22:05 – Argentinos Juniors (R$ 1,81) x Arsenal (R$ 4,44); empate (R$ 3,27) – Palpite: Argentinos Juniors
28/10 – 15:05 – Huracán (R$ 1,82) x Lanús (R$ 4,58); empate (R$ 3,18) – Palpite: Huracán
28/10 – 15:05 – Unión Santa Fé (R$ 1,91) x Godoy Cruz (R$ 4,00); empate (R$ 3,22) – Palpite: Empate
28/10 – 17:15 – San Martín (R$ 2,86) x Estudiantes (R$ 2,54); empate (R$ 2,93) – Palpite: Estudiantes
28/10 – 19:05 – Independiente (R$ 1,66) x Patronato (R$ 5,15); empate (R$ 3,48) – Palpite: Independiente
28/10 – 21:05 – Atlético Tucumán (R$ 2,16) x Racing (R$ 3,34); empate (R$ 3,13) – Palpite: Empate
29/10 – 12:05 – Newell’s Old Boys (R$ 1,84) x Chacarita Juniors (R$ 4,51); empate (R$ 3,16) – Palpite: Newell’s
29/10 – 15:05 – Gimnasia La Plata (R$ 2,39) x Vélez Sarsfield (R$ 2,98); empate (R$ 3,05) – Palpite: Vélez
29/10 – 17:05 – Temperley (R$ 3,96) x San Lorenzo (R$ 1,93); empate (R$ 3,20) – Palpite: San Lorenzo
29/10 – 19:05 – Boca Juniors (R$ 1,42) x Belgrano (R$ 7,41); empate (R$ 4,09) – Palpite: Boca Juniors
29/10 – 21:05 – Talleres (R$ 1,92) x River Plate (R$ 3,95); empate (R$ 3,26) – Palpite: Empate
30/10 – 20:05 – Defensa y Justicia (R$ 1,66) x Olimpo (R$ 5,07); empate (R$ 3,49) – Palpite: Defensa y Justicia
30/10 – 22:05 – Tigre (R$ 2,60) x Rosario Central (R$ 2,68); empate (R$ 3,07) – Palpite: Rosario Central

Aproveite e confira outros odds no Torcedores.