DESTAQUE

“O Palmeiras é o campeão do mundo de 1951”, diz Galiotte

Publicado às

Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com

Palmeiras

Crédito: Foto: Divulgação/ Palmeiras

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, mostrou não ter se incomodado com a decisão da Fifa nesta sexta-feira que não reconheceu o Verdão como campeão mundial.

A Fifa reconheceu como campeões mundiais apenas os que clubes que disputaram a Copa Intercontinental entre os anos de 1960 e 2004, período anterior a consolidação do Mundial de Clubes que é organizado pela entidade.

Desta forma, o Palmeiras e o Fluminense, que ganharam a Copa Rio em 1951 e 1952, foram ignorados pela entidade. Santos, Flamengo e Grêmio foram beneficiados. O São Paulo, que havia sido campeão em 2005, ganhou mais dois títulos (1992 e 1993).

Em entrevista ao Torcedores.com, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, não mostrou preocupação com a decisão da Fifa que prejudicou os interesses do clube.

“O Palmeiras é o campeão do mundo de 1951. Tal fato foi reconhecido por atletas e jornalistas de todo mundo, inclusive pela Fifa, que homologou a conquista após analisar uma série de materiais que comprovaram o título. O palmeirense reconhece ser esse o maior título de sua história, tem muito orgulho desta conquista e por esse motivo ela está representada por uma estrela em nosso uniforme”, justificou o presidente.

LEIA MAIS:
FIFA RECONHECE TÍTULOS MUNDIAIS: SAIBA QUAIS CLUBES BRASILEIROS FORAM BENEFICIADOS
VEJA QUAIS CLUBES BRASILEIROS FORAM ‘IGNORADOS’ NA DECISÃO DA FIFA DE RECONHECER MUNDIAIS
FIFA DEIXA PALMEIRAS E FLUMINENSE SEM MUNDIAIS E “QUEBRA” A INTERNET; VEJA MEMES