Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Opinião: 6 jogadores que causaram ‘medo’ na torcida do Atlético-MG

Hoje é sexta-feira, para os supersticiosos o dia mais amaldiçoado do calendário, onde supostamente as coisas dão erradas e fatos ruins acontecem. Pensando nisso, o Torcedores.com elaborou uma lista de 6 jogadores que passaram pelo Atlético-MG e deixaram a desejar no clube, dando um tremendo medo na torcida do Galo.

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

1 – Diego Souza

Foram apenas 35 jogos com a camisa alvinegra entre meados de 2010 e o início de 2011. Insatisfeito com a reserva no clube, pediu ao presidente do Atlético, Alexandre Kalil, para mudar de ares.

2 – Jobson

Sua passagem pelo Galo foi curta e durou pouco mais de 2 meses. Após atuar em 6 partidas e marcar 2 gols, alegou aos dirigentes do clube que estava insatisfeito na capital mineira e que não gostaria de continuar no clube.

jobson

Crédito da Foto: Reprodução / TV Globo

3  – André

O atacante foi a contratação mais cara do Atlético-MG, R$ 20 milhões, mas nunca vingou, acabou sendo emprestado ao Santos e ao Vasco da Gama e acabou parando no Corinthians. Com a camisa do Galo foram 81 jogos e 32 gols marcados.

4 – Diego Macedo

O lateral foi destaque no Bragantino, chamou a atenção de grandes clubes do Brasil, mas acabou optando pelo Galo. Com a camisa alvinegra, o jogador atuou em 30 partidas e não marcou gols. Em boa parte da temporada de 2010, foi titular, mas não convenceu à torcida. No início de 2011, ficou por quase 3 meses sem atuar e rescindiu o contrato com o clube.

5 – Ronaldo Conceição

O zagueiro foi contratado em 2016, a pedido do então técnico Marcelo Oliveira, o defensor fez apenas 5 partidas pelo clube, nunca caiu nas graças da torcida e deixou o Galo após seis meses.

6 – Cárdenas

O colombiano chegou ao Galo com grande expectativa após boas temporadas no Junior Barranquila e no Atlético Nacional, porém, não mostrou ao que veio, disputou 29 partidas e não marcou nenhum gol.

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

LEIA MAIS:
SASSÁ NÃO PERDOA E TIRA ONDA COM TORCEDOR DO ATLÉTICO-MG; VEJA