Futebol

#Opinião: Com o reconhecimento de novos títulos mundiais, surge a pergunta, poderia o SPFC ser considerado Hepta Brasileiro?

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Um dos assuntos mais debatidos no dia de hoje, dentro do universo do futebol, é o reconhecimento, pela Fifa de títulos mundiais, anteriormente tidos como intercontinentais. Entre os clubes “favorecidos” estão Santos, Flamengo, Grêmio e o São Paulo. O assunto, acaba tendo um paralelo com os títulos nacionais de Santos e Palmeiras igualmente reconhecidos pela respectiva entidade do futebol. Então, surge a notícia, o São Paulo poderia e deveria ser considerado Hepta Campeão Brasileiro?

A pergunta deve ser estranha para muitos, eis que há um título do SPFC que está “escondido” na história, sendo, em grande parte das notícias, sendo considerado um título de torneio amador.

Ocorre que, o jornal Gazeta Esportiva, em sua edição 9360, datado do dia 30 de abril de 1956, traz a notícia de que o São Paulo Futebol Clube fora Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, contra o Santos com o placar de 5 a 3.

Naquele ano, o Torneio Rio-São Paulo fervilhava e possuía o nome de Torneio Roberto Gomes Pedrosa em homenagem ao ex goleiro e presidente do Tricolor Paulista.

A edição supramencionada do torneio, teve um fato específico. Os clubes cariocas queriam disputá-lo no segundo semestre, sob a alegação de que estavam desfalcados em virtude das convocações para a seleção brasileira. Por outro lado, os clubes paulistas, entendiam que o atraso lhes causaria prejuízos financeiros. Assim, diante a celeuma, a Confederação Brasileira de Desporto (CBD) advogou a favor dos clubes paulistas, fato que fez com que os cariocas abandonassem a competição. Fatos similares ocorreriam posteriormente, como a disputa do título do campeonato brasileiro de 1987.

O SPFC que não tinha nada a ver com a decisão dos Cariocas, disputou normalmente o torneio, sagrando-se campeão sobre o rival Santos. A Gomes Pedrosa de 56 fora disputado por Santos, Portuguesa, Corinthians, Palmeiras, Boca Juniors, Newell`s Old Boys, Nacional do Uruguai e o campeão São Paulo.

Mas, por qual razão esse título, que tem mais cara de Regional do que de Nacional, poderia tornar o SPFC em Heptacampeão?

Ocorre que a CBF reconheceu os títulos da Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa como conquistas nacionais. Assim, como “pau que bate em Chico, tem que bater em Francisco”, a dúvida é plausível: O SPFC foi campeão nacional de 56?

Pela lógica da CBF e da Fifa, o SPFC seria hepta, mas, particularmente, parece triste um clube do tamanho dos “quatro grandes de São Paulo” depender desse tipo de situação.

Entretanto, vale a pena a reflexão sobre esses equívocos praticados por quem deveria organizar o esporte.

Leia mais.

SÃO PAULO É O 4º TIME COM MAIS RODADAS NO Z-4 DO BRASILEIRÃO 2017; VEJA O TOP-10

Aurelio Mendes – @amon78