Futebol

Pela Sula, Sport é dominado e perde em casa para o Junior Barranquilla

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Diante de uma Ilha do Retiro com mais de 21 mil pessoas, O Sport se complicou-se na Sul-Americana. Nesta quinta-feira, o Leão recebeu o Junior Barranquilla-COL, na partida de ida das quartas de final e foi derrotado por 2 a 0, com gols de González no segundo tempo.

Qualquer empate ou vitória classifica o Junior Barranquilla. Ao Sport, só a vitória interessa. Se ele devolver o 2 a 0, leva a decisão para os pênaltis. Todos os outros triunfos com três gols de diferença garantem o Leão na semifinal da competição.

O Sport não apresentou um bom futebol na primeira etapa. Errando muito, principalmente na saída de bola, o Leão penou para fazer as transições do campo de defesa até o ataque. Além de não conseguir chegar efetivamente na defensiva colombiana, os erros pernambucanos provocaram os melhores ataque para o time visitante. Ofensivamente, os rubros negros não existiram.

Tecnicamente distribuido melhor em campo, o Junior Barranquilla dominou boa parte da primeira etapa e teve as melhores oportunidades ofensivas. Com mais posse de bola e jogando no erro do adversário, os visitantes tiveram logo com quatro minutos, uma boa chance com González, que quase abriu o placar.

Mais insinuante no ataque, Ovelar também teve a chance, após erro de Henriquez, mas não aproveitou. No último lance de perigo dos colombianos, Chára buscou acertar o ângulo esquerdo de Magrão, mas jogou a bola para fora.

Na volta para o segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo acabou sacando o volante Rodrigo para o lugar do atacante Lenis. A mudança deu gás ao Sport no início da etapa final, proporcionando a primeira finalização do Leão na partida, que também apertou os colombianos nas bolas alçadas. O Junior, manteve a tática do primeiro tempo, mantendo a bola no pé, esperando para armas os contra ataques.

Inflamado pelo torcida, o Sport ia crescendo no jogo e criando as melhores situações de gol. Lenis ficou no quase quando recebeu dentro da área e encheu o pé, a bola foi na furquilha de Viera. Justamente quando tinha o melhor momento na partida, o Barranquilla achou o espaço que procurava. Mier mandou a bola para pequena área, González chegou antes de Mena e mandou para o gol.

Atrás do placar, Luxemburgo optou pela entrada de Juninho no lugar de Rogério. A mudança não surtiu efeito esperado, o time se desorganizou em campo e abriu espaçospara o adversário atacar. Em dois bons lances, o Junior só não aumentou porque Magrão salvou salvou a finalização de Chára e depois Téo Gutiérrez perdeu um gol incrível, sem goleiro.

Com estrema facilidade, a equipe colombiana abusou do toque de bola para aumentar o placar. Murillo entrou na área e deu voltando para González, tocar sem dificuldades para dentro das redes, marcando seu segundo gol, aumentando o placar.Téo ainda perdeu mais um gol, que não fez falta. Ao som de “olé”, o Barranquilla leva uma ótima vantagem pro jogo de volta.

FICHA DO JOGO:

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Henriquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo, Rodrigo (Lenis), Patrick e Diego Souza; Rogério (Juninho) e André
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

JUNIOR BARRANQUILLA: Vieira; Murillo, Ávila, Pérez e Gutiérrez; Pico, Cantillo, Chará (Barrera) e González; Ovelar (Mier) e Teo Gutiérrez
Técnico: Julio Comesaña

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE)
Árbitro: Fernando Rapallini-ARG
Assistentes: Gustavo Rossi-ARG e Ezequiel Brailovsky-ARG
Cartões amarelos: Diego Souza, Juninho, Anselmo (Sport); Ávila, Teo Gutiérrez, Gutiérrez, Pérez, González (Junior Barranquilla)
Gols: González (25’ do 2T, Junior Barranquilla) e González (40’ do 2T, Junior Barranquilla)
Público: 21.343
Renda: R$ 332.245,00

LEIA MAIS: Sport x Junior Barranquilla-COL: assista aos gols de jogo da Sul Americana

Após derrota na Sul Americana, Luxemburgo é demitido do Sport