A punição de Verstappen no GP dos EUA foi justa? Confira as declarações de pilotos e dirigentes

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter Oficial da Red Bull

A vitória de Lewis Hamilton deixou o piloto inglês próximo do tetra e garantiu o Mundial de Construtores para a Mercedes. Mas, o grande assunto sobre a corrida texana foi a punição sofrida por Max Verstappen, que tirou o holandês do pódio: foi justa, ou exagerada? Pilotos, ex-pilotos e dirigentes comentaram sobre o que ocorreu em Austin, confira as declarações:

Após ter largado em 16º, Max Verstappen fez uma excelente prova de recuperação, a ponto de ter lutado por um lugar no pódio nas voltas finais do GP dos EUA. Aliás, o holandês até conseguiu uma linda ultrapassagem em cima de Kimi Raikkonen na volta final e cruzou a linha de chegada em terceiro, mas recebeu uma punição de cinco segundos por ter passado com o carro fora da pista na hora da ultrapassagem, e ficou em quarto.

É claro que Max não gostou nenhum pouquinho da punição, e disparou contra a FIA. Mas, não foi só ele que achou um absurdo a punição: Christian Horner, Niki Lauda, Nico Rosberg e Mario Andretti, foram algumas das pessoas que se manifestaram contra a punição, enquanto Mika Salo, um dos comissários da prova e que optou por punir o piloto holandês, explicou a decisão tomada.

Confira abaixo as principais declarações:

LEIA MAIS:
IRRITADO COM PUNIÇÃO, VERSTAPPEN DISPARA CONTRA A FIA: “DECISÃO ESTÚPIDA”
F1 2017: HAMILTON AINDA MAIS PERTO DO TÍTULO! CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO APÓS O GP DOS EUA