Extra-campo

Quem o São Paulo pode pedir em troca do Hudson?

Publicado às

Gustavo Nunes, morador de São Paulo/SP e estudante de Jornalismo. "Busco trazer informações relevantes sobre assuntos não muito explorados dentro do futebol."

Crédito: Foto do Instagram Oficial de Hudson.

O Cruzeiro terá que desembolsar R$5,7 milhões para ficar com o volante. Por isso, os dirigentes da raposa estudam oferecer alguns jogadores ao São Paulo.

Hudson Rodrigues dos Santos, conhecido pelos torcedores como Hudson, fechou contrato de empréstimo com o Cruzeiro em dezembro de 2016. A troca foi entre Hudson e Neilton, que foi emprestado ao São Paulo, mas não se destacou e logo depois se transferiu para o Vitória. Uma curiosidade é que o primeiro gol de Hudson com a camisa cruzeirense foi justamente contra o tricolor paulista, no Morumbi.

Com a conquista da Copa do Brasil, o jogador se valorizou e é importantíssimo no esquema tático de Mano Menezes. O volante faz companhia a Henrique, que é ídolo do Cruzeiro e forma uma das melhores duplas de volantes do Brasil. Ainda assim, o time de Belo Horizonte não está disposto a pagar os R$5,7 milhões para ficar com o jogador que tem contrato até dezembro de 2019 com o São Paulo.

Algumas opções para o tricolor escolher na troca e não perder o nível técnico são discutidas internamente. Os dirigentes pediram Arrascaeta e Thiago Neves em tom de brincadeira, mas estudam seriamente o goleiro Rafael. Uma boa opção também pode ser o Lucas Romero, que atua na mesma posição e após a lesão perdeu espaço no time.

O time do São Paulo tem deficiência em diversos setores. Nomes como Robinho (meia), Lucas Silva (meia), Rafinha (meia), Rafael Marques (atacante) e até o zagueiro Dedé – que é muito difícil o Cruzeiro abrir mão – cairiam bem no time paulista. A diretoria não pode aceitar jogadores de menor nível técnico nesta troca, como fez Paulo Nobre na troca com o Grêmio em 2013 (Barcos por cinco jogadores). É uma grande oportunidade de a diretoria tricolor se redimir das besteiras que fez durante o ano.