Futebol

Santos pega São Paulo no Pacaembu para vencer e colocar pressão sobre Corinthians e Palmeiras

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Ricardo Oliveira em treino do Santos

Foto: Ricardo Oliveira em treino do Santos

Crédito: Foto: Santos/Facebook oficial

A tabela do Brasileirão 2017 reservou ao Santos a chance de aumentar a pressão sobre seus concorrentes na briga por mais um título nacional. O Peixe abre a 31a rodada da competição na tarde de sábado (28), visitando o São Paulo, no Pacaembu. O clássico, marcado para as 17:00 (de Brasília), é uma boa oportunidade para o Santos mostrar que a luta pela taça não está restrita a Corinthians e Palmeiras. Para isso, no entanto, a equipe de Levir Culpi terá de superar seus próprios problemas internos, já que vive uma fase conturbada nos bastidores.

Primeiro foi o estranho episódio da permanência de Levir mesmo depois das informações de que o treinador seria demitido. Falou-se na ocasião que um pedido dos jogadores garantiu a manutenção do técnico no cargo. Desde então, porém, surgiram notícias de que os atletas não confiam totalmente nos métodos de Levir, que comandaria uma carga de treinos considerada insuficiente. Mas essa polêmica logo deu lugar a outro assunto espinhoso. Na véspera do clássico, surge a notícia de que Zeca, um dos atletas mais talentosos e valiosos do elenco, pediu para deixar o clube.

Tensão na Vila Belmiro
Jogador com nível de seleção (foi campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016 com a camisa amarela, por exemplo), Zeca é, ao lado de Lucas Lima, um dos alvos mais frequentes das duras cobranças da torcida santista. Os advogados do jogador alegam que o clube atrasou o depósito do FGTS e também que Zeca vive situação de insegurança no trabalho.

Eles lembram que Zeca foi xingado e intimidado no Aeroporto de Congonhas depois do empate com o Sport no Recife. Além disso, a torcida fez pichações ameaçadoras contra o atleta nos muros da Vila Belmiro. A questão deve demorar a ser decidida pela Justiça. De qualquer forma, Zeca está fora do clássico, já que não participou dos treinos do meio de semana e não tem clima para entrar em campo.

Retrospecto muito positivo
Mesmo com Zeca fora da concentração para o clássico, não dá para dizer que o clima está tranquilo no Santos. Todo mundo quer saber, por exemplo, como estará a cabeça de Lucas Lima, o outro grande alvo dos torcedores. Ao mesmo tempo, há muitos motivos para acreditar que a equipe tem chance de vencer no sábado e passar o resto da rodada secando Corinthians e Palmeiras, que entram em campo no domingo e na segunda, respectivamente.

Mesmo jogando como visitante, o Santos se sente em casa no Pacaembu, onde já disputou dez partidas neste ano. O Pacaembu também foi o palco dos dois duelos com o São Paulo no último Brasileirão, e o Santos venceu as duas partidas. O retrospecto de Levir em clássicos no comando do Santos também anima: são quatro jogos e quatro vitórias. Por fim, Levir conta com retornos importantes para o duelo, a começar pelo experiente Renato, referência do grupo, que volta depois de sete jogos ausente.

No decorrer da semana, Levir chegou a testar uma formação com três volantes (Alison, Matheus Jesus e Renato), com Bruno Henrique e Lucas Lima municiando Ricardo Oliveira na frente. Pode ser uma boa opção para conter o ímpeto do São Paulo, que precisa vencer para se afastar do Z-4, e usar a velocidade no contragolpe para explorar as deficiências defensivas do rival.

Contrariando as expectativas
O bom retrospecto do São Paulo nos jogos como mandante no Pacaembu pode explicar o favoritismo do mandante nas projeções das casas de apostas esportivas. Depois de duas vitórias no estádio (contra Atlético-PR e Flamengo), o Tricolor volta a jogar longe do Morumbi. Conforme o site Oddsshark.com, um terceiro triunfo são-paulino no Pacaembu paga R$ 2,24 a cada R$ 1,00 investido. Em caso de empate, o retorno é de R$ 1,98/R$ 1,00. Por fim, ainda segundo o Oddsshark.com, um triunfo do Peixe devolve R$ 3,25 a cada R$ 1,00 aplicado – um valor atraente, principalmente quando se lembra da superioridade da campanha alvinegra na competição.

Confira todos os jogos da 31a rodada do Brasileirão 2017:

28/10 – 17:00 – São Paulo (R$ 2,24) x Santos (R$ 3,25); empate (R$ 1,98) – Palpite: Santos
28/10 – 19:00 – Flamengo (R$ 1,94) x Vasco (R$ 3,95); empate (R$ 2,00) – Palpite: Empate
28/10 – 21:00 – Atlético-PR (R$ 1,78) x Chapecoense (R$ 4,50); empate (R$ 2,04) – Palpite: Atlético-PR
29/10 – 17:00 – Fluminense (R$ 2,30) x Bahia (R$ 3,20); empate (R$ 1,99) – Palpite: Empate
29/10 – 17:00 – Atlético-MG (R$ 1,86) x Botafogo (R$ 4,20); empate (R$ 2,03) – Palpite: Empate
29/10 – 17:00 – Ponte Preta (R$ 3,15) x Corinthians (R$ 2,33); empate (R$ 1,92) – Palpite: Corinthians
29/10 – 18:00 – Sport (R$ 1,91) x Coritiba (R$ 3,90); empate (R$ 2,01) – Palpite: Sport
29/10 – 18:00 – Vitória (R$ 1,75) x Atlético-GO (R$ 4,70); empate (R$ 2,04) – Palpite: Vitória
29/10 – 19:00 – Avaí (R$ 2,43) x Grêmio (R$ 3,10); empate (R$ 1,86) – Palpite: Empate
30/10 – 20:00 – Palmeiras (R$ 1,80) x Cruzeiro (R$ 4,46); empate (R$ 3,35) – Palpite: Palmeiras

Aproveite e confira outros odds no Torcedores.