Sonho da Síria chega ao fim, e Austrália pega Honduras na repescagem

A Síria foi valente. Lutou até o último chute. Aliás, um lance que irá demorar a sair da cabeça dos sírios, já que a bola que valeria a classificação para a repescagem explodiu na trave da Austrália, que conseguiu a vitória de virada, em casa, e segue viva na luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2018.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: AFC.com

Na sequência, saiba como foi o jogão em Sydnei e os detalhes da classificação de Honduras para a repescagem com os números do Oddsshark.com.

AUSTRÁLIA 2 X 1 SÍRIA

Foi no sufoco. A vitória australiana por 2 a 1, ontem (10), aconteceu na prorrogação e contou com emoção até o último minuto para que o vencedor do playoff decisivo das Eliminatórias da Ásia para o Mundial fosse definido. Coube a um veterano o papel de protagonista do triunfo. Aos 37 anos, Tim Cahill marcou os dois gols dos Socceroos – Omar Al Somah abriu o placar para os visitantes, no ANZ Stadium, logo aos seis minutos da primeira etapa.

Empurrada por 42 mil torcedores, a Austrália não demorou a empatar e logo conseguiu o domínio absoluto do duelo, com os sírios completamente acuados no campo de defesa. Por fim, os Les Aigles du Qasioun conseguiram manter o placar igual até o intervalo. No segundo tempo, a pressão dos mandantes continuou. A Síria não conseguia sair para o ataque e se conformou em levar a disputa para o tempo extra.

Foi então que começou a brilhar a estrela do goleiro Ibrahim Alma, que fechou o gol e providenciou um milagre ao defender um chute à queima-roupa de Tom Rogic. Após 90 minutos de partida, o empate seguiu. A seguir, foram mais 30 minutos de emoção, que trouxeram aflição aos visitantes logo aos quatro minutos, após a expulsão de Mahmoud Al Mawas.

A vantagem numérica animou ainda mais os donos da casa a partirem rumo à vitória. Para alívio dos torcedores, Cahill colocou a Austrália à frente do placar no início dos últimos quinze minutos do tempo extra. Exausta e com um atleta a menos, a Síria começou a lutar com a última fagulha de força que lhe restava.

Com a regra do gol qualificado, os visitantes precisavam de mais um tento para avançar à repescagem. E por muito pouco ele não veio. O atacante Al Somah, sempre ele, cobrou uma falta na trave no finzinho da prorrogação. Seria uma classificação épica, que ficou para uma próxima. Ms a valentia do time sírio, que representou com muita honra uma nação dizimada pela guerra civil, jamais será esquecida.

Quem confiou no empate durante o tempo normal, conseguiu o expressivo retorno de 528% com as apostas esportivas.

HONDURAS 3 x 2 MÉXICO

O adversário australiano na repescagem saiu na noite de ontem (10). E foi igualmente emocionante. Antes da rodada decisiva do hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf, Honduras precisava vencer o México e torcer por uma derrota do Panamá ou Estados Unidos. Acabou que os americanos, que só necessitavam ganhar da já eliminada seleção de Trinidad y Tobago, perderam por 2 a 1. Já os panamenhos superaram a Costa Rica de virada, no fim do confronto, e garantiram uma vaga direta no que será sua primeira participação em uma Copa do Mundo.

Com a classificação confirmada por antecipação, os mexicanos atuaram de forma muito tranquila na casa dos hondurenhos, o estádio Metropolitano. Com ímpeto ofensivo, os mandantes tomaram a iniciativa com boas tramas nas imediações do gol de Ochoa. Mas a fragilidade do sistema defensivo da equipe comandada por Jorge Pinto permitiu que os visitantes abrissem o placar com Oribe, que recebeu sem marcação dentro da área. Antes do fim da primeira, após cobrança de falta, Ellis empatou, mas ainda deu tempo para os líderes da Concacaf ficarem à frente novamente – tento de Vela.

Na volta do intervalo, Honduras voltou incendiada. Em questão de poucos minutos, os mandantes viraram com Hernandez e Quioto, em posição de impedimento, levando assim os torcedores à loucura. Com a defesa mais ajustada, o triunfo foi garantido, proporcionando o lucro de 243% aos apostadores.

REPESCAGEM: HONDURAS X AUSTRÁLIA

Na repescagem entre Ásia e Concacaf, serão duas partidas para definir mais um classificado para a Copa de 2018. A primeira com o mando de campo dos hondurenhos, que acontecerá no dia seis de novembro. O confronto da volta, em Sydnei, foi marcado para o dia 14 do mesmo mês. Abaixo, confira os odds do primeiro jogo:

Cotações do Oddsshark.com: (R$ 1,86) Honduras x Austrália (R$ 4,15); empate (R$ 3,15)