Futebol

Técnico se inspira em Simeone para salvar Luverdense

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Técnico do Luverdense Júnior Rocha - Divulgação

O Luverdense vem brigando para se livrar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe de Lucas do Rio Verde tem até o momento 35 pontos, um a menos que o décimo sexto colocado da competição, o primeiro fora da zona de descenso.

Em busca de bons resultados, o Luverdense tem se apresentado em campo como uma equipe que propõe o jogo, uma das características de Júnior Rocha.

O treinador, de 36 anos, que tem como inspiração Simeone, explica que essa é a sua filosofia de trabalho, independentemente do elenco que tem à disposição.

“O trabalho do Simeone é muito bom. Acredito que o Atlético de Madrid seja o time mais organizado taticamente da Europa e eu priorizo isso nas minhas equipes. Gosto que trabalhe com a bola no pé, até porque com a posse corremos menos risco de levar gols, faça triangulações e marcação em bloco alto com pressão sempre na bola. É isso que aplicamos no dia a dia. Entendo que a gente tenha algumas limitações, mas o grupo sempre se entrega e faz o melhor para que funcione”, explica Júnior Rocha, e os números refletem isso.

De acordo com o site Footstats, o Luverdense é líder em passes na competição: são 13.121, o que dá uma média de 423,3 por jogo. Além disso, o time também lidera em finalizações, com 463 vezes, o que remete a 14,9 por jogo. Com 372 assistências para finalizações, o Leão do Norte também lidera esse quesito.

“Os números confirmam o que fazemos no dia a dia. Acredito até que poderíamos estar mais bem colocado na competição. Queremos reverter esses bons números em pontos para sair da zona do rebaixamento”, afirma o treinador.

“O elenco desse ano é bastante jovem, por isso, às vezes, falta um pouquinho de calma em algumas situações, mas trabalhamos em cima disso para que todos evoluam. Isso faz parte do futebol. O importante é que todos sabem que, para alcançar os objetivos pessoais, é preciso primeiro pensar nos objetivos do clube, dar o seu 100% no dia a dia”, revela.

O Luverdense se prepara para enfrentar o Santa Cruz, um adversário que está próximo na tabela de classificação. O jogo está marcado para o próximo sábado (28 de outubro), e é válido pela 32ª rodada da Série B.

“Será, sem dúvida, uma partida difícil. É uma briga direta e sabemos da força do Santa Cruz em seus domínios, porém, o clima aqui no grupo é bom. Claro que estamos incomodados com essa situação e fazendo de tudo para sair dela. Mas temos a torcida do lado, além do apoio da diretoria. A cobrança vem de nós mesmos, pois sabemos que estamos jogando bem, mas falhando em alguns detalhes e é em cima disso que estamos trabalhando”, finaliza.

O elenco treinou na manhã de hoje (25 de outubro) e volta às atividades pela tarde. Para o desafio, Júnior não poderá contar com o meia Sérgio Mota que está suspenso.