Tradição com reformulação: confira o ‘novo’ Boston Celtics para a próxima temporada da NBA

A temporada 2017-18 da NBA começa nesta semana, e uma das mais tradicionais franquias da liga está de cara nova: trata-se do Boston Celtics, maior campeão da história da NBA e atual vice campeão da Conferência Leste.

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores desde janeiro de 2017, escreve sobre futebol, basquete, formula 1 e eventualmente games.

Crédito: Stamford Advocate

A franquia de Boston esteve agitada após a temporada 2016-17, sendo que onze de quinze jogadores que a terminaram, foram dispensados ou trocados. Dentre eles, alguns nomes importantes, como Isaiah Thomas, Jae Crowder (foram para Cleveland) e Avery Bradley (foi para Detroit), que formavam a espinha dorsal da melhor campanha do Leste na última temporada, com 53 vitórias e 29 derrotas.

Por outro lado, o time se reforçou com alguns nomes de peso, como o armador Kyrie Irving, campeão da NBA pelo Cleveland Cavaliers na temporada 2015-16, e o ala Gordon Hayward, principal jogador do Utah Jazz nas últimas temporadas e que participou do último All-Star Game pela Conferência Oeste. Além disso, conta com a jovem promessa Jayson Tatum, ala draftado pelo Celtics na primeira rodada do último draft.

Os remanescentes da última temporada são os armadores Terry Rozier e Marcus Smart, o ala Jaylen Brown e o pivô Al Horford. Desses, Smart e Horford devem continuar na equipe titular, fazendo companhia à Irving e Hayward. A posição de ala titular deve ser disputada por Brown e Tatum.

Revanchismo com Cleveland

Half Street Sports

A meta do Boston Celtics é clara: vencer a Conferência Leste e brigar pelo seu 18º título da NBA. Por outro lado, há uma missão a ser cumprida: parar o Cleveland Cavaliers de LeBron James, Kevin Love e, agora, dos velhos conhecidos Isaiah Thomas e Jae Crowder.

Na temporada passada, o time de Massachusetts obteve a melhor campanha do Leste, com 53 vitórias e 29 derrotas, avançando nos Playoffs até a final da Conferência. Porém, acabou sendo derrotado para o Cavaliers em cinco jogos. Consequentemente, a equipe de Cleveland disputou a final da NBA com o Golden State Warriors, perdendo para o time californiano também em cinco jogos.

Brad Stevens continua como técnico do Boston Celtics nessa temporada. O treinador está desde 2013 no comando do time e comandou a Conferência Leste no último All-Star Game. A temporada regular começa no próximo dia 17 e, curiosamente, o Cleveland Cavaliers será o primeiro adversário da equipe celta. O jogo acontecerá na Quicken Loans Arena, casa do Cavaliers.

Leia mais
Confira cinco calouros que podem brilhar na nova temporada da NBA
Com extinção do confronto entre Leste e Oeste, NBA realiza mudanças para o All-Star Game