Vozes da marca

Tutor de Atala, Demian rasga elogios ao chef no jiu-jitsu: “é muito criativo”

Publicado às

Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: Matheus Adami/Torcedores.com

Se engana quem pensa que o único uniforme da vida de Alex Atala, chef de cozinha dos mais conhecidos do mundo, é a dólmã típica dos cozinheiros. Praticante de jiu-jitsu, o kimono também faz parte da rotina de Atala. E o chef faz bonito na arte suave. Quem garante é o lutador do UFC, Demian Maia, que é um dos professores de Atala.

“Ele com certeza leva jeito, é muito criativo. Por ter começado mais velho, aprendeu muito rápido. Mas ele é um obcecado, fica duas, três horas por dia na academia treinando jiu-jitsu, é impressionante. Eu nunca vi uma pessoa que é muito boa em uma profissão, consagrado, fazer outra coisa e se dedicar tanto. Não é à toa que ele é faixa marrom e perigoso, com finalizações diferentes, criativas, e está aí a caminho de ser faixa preta um dia”, disse Maia em entrevista exclusiva ao Torcedores.com.

Treino de sábado com direito a surpresa! Obrigado @michelanmma

A post shared by Alex Atala (@alexatala) on

Atleta do UFC e dono de diversos títulos no jiu-jitsu, Maia tem autoridade para falar da arte suave, em que é faixa preta 4º grau. De suas 25 vitórias no MMA, 12 aconteceram por finalização. E, nas sete derrotas, o paulista nunca deu os três tapinhas, sinal de que desistiu da luta. No sábado (28), Demian fará a segunda luta mais importante do UFC São Paulo, contra o americano Colby Covington.

Até por conta da rotina corrida do UFC, Maia não é principal professor de Alex Atala. Quem afia o jiu-jitsu do chef, que é dono do restaurante D.O.M., um dos mais premiados do Brasil, é Jorge Michelan.

“Temos um amigo em comum e, há uns cinco anos, ele me apresentou o Alex e pediu para eu dar aula com ele. Disse que poderia treinar eventualmente, mas que não poderia dar aula todo dia porque tenho a minha carreira. Mas levei um aluno, o Rafinha, para começar a dar aula para ele. Ele deu aulas para o Alex por dois, três anos, e depois o Rafinha teve de viajar. Apresentei outro amigo meu, o Jorge Michelan, que começou a dar aulas para ele”, contou Demian, que não poupou elogios ao chef.

Sábado tbm e dia de treino na @viladaluta @demianmaia 📷 @carlosrbdiaz

A post shared by Alex Atala (@alexatala) on

“O Alex está todo dia na academia. E como ele tem essa abertura de ser um dos melhores do mundo no que faz, vai em várias academias. No dia a dia ele treina lá na Vila da Luta [academia de Demian, em São Paulo], treino com ele sempre que posso, mas quem dá aula diariamente é o Michelin. E ele virou um grande amigo pessoal. Além de eventuais treinos, acabo viajando com ele bastante. Almoçamos juntos quase toda semana. Mas é mais essa parte de gostos. Temos gostos parecidos, mato, pescar, coisas que gosto desde criança. Ele é um cara muito legal, personalidade sem palavras.”

Atala, porém, não é o único expoente do mundo da gastronomia a treinar jiu-jitsu com Demian Maia. Felipe Bronze, jurado do programa “The Taste Brasil” e apresentador do programa “Perto do Fogo”, é faixa preta e está no tatame com Maia sempre que vem do Rio de Janeiro para São Paulo. “O André Mifano [outro jurado de “The Taste Brasil”] começou e parou. O próprio [Henrique, jurado do “MasterChef Brasil”] Fogaça já foi lá fazer um treino, ficou de ir lá porque ele gosta mais de muay thai e está na correria. Todo mundo que posso convidar, eu convido”, falou o professor Demian.

O UFC São Paulo acontece na noite deste sábado (28) no ginásio do Ibirapuera. O card preliminar começa às 21h. Já o card principal tem início previsto para 0h de domingo (29).

CARD PRINCIPAL
Peso-médio: Derek Brunson x Lyoto Machida
Peso-meio-médio: Demian Maia x Colby Covington
Peso-galo: Pedro Munhoz x Rob Font
Peso-leve: Francisco Trinaldo x Jim Miller
Peso- médio: Thiago Marreta x Jack Hermansson
Peso-galo: John Lineker x Marlon Vera

CARD PRELIMINAR
Peso-meio-médio: Vicente Luque x Niko Price
Peso-médio: Antonio Carlos Jr x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Elizeu Zaleski x Max Griffin
Peso-leve: Hacran Dias x Jared Gordon
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Jarred Brooks
Peso-pesado: Marcelo Golm x Christian Colombo

LEIA MAIS:
TORCEDOR DO EMELEC, EQUATORIANO DO UFC LAMENTA VITÓRIA DO GRÊMIO NA LIBERTADORES

A GMS é uma empresa jovem, atual e global, líder em desenvolvimento de plataformas de relacionamento e oportunidades de negócios na indústria esportiva na América Latina, organizando desde congressos até viagens de Networking.