VOTE – Quais dos jogadores emprestados você gostaria de ver de novo no Inter?

Com uma série incrível de erros administrativos e técnicos, o Inter foi rebaixado no Brasileirão de 2016. O clube, que jamais havia caído de divisão, se orgulhava por pertencer ao seleto grupo de times brasileiros que desconheciam a segundona. Na virada do ano, uma grande reformulação no elenco marcou o planejamento da equipe, que agora se aproxima da volta à elite.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: montagem com imagens de divulgação do Inter

No entanto, a imensa maioria dos jogadores liberados segue com contrato com o Inter, de modo que eles podem voltar a defender o clube se a diretoria e a comissão técnica assim entenderem. Anderson, Seijas, Paulão e Valdívia, por exemplo, ficaram marcados pelo rebaixamento de 2016 e têm salários altos, um dos itens que devem inviabilizar o retorno ao Beira-Rio.

No início de outubro, o vice-presidente de futebol colorado Roberto Melo despistou ao tratar do tema dos emprestados. Ele usou o exemplo do meia Anderson para criticar a antiga gestão, que contratou jogadores caros por contratos longos.

“O Anderson é um jogador que tem mais um ano de contrato aqui depois do final do ano. Ele foi um jogador que foi feito um acordo de quatro anos. Ano que vem deve retornar e a gente tem que ver a situação e não é só do Anderson. Temos cerca de 20 jogadores fora que são profissionais, que não foram obrigados a assinar com o Inter. Vamos ver, deixaremos para tratar na hora certa”, disse, na ocasião.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Além dos quatro já citados, o Inter tem vários outros atletas cedidos a clubes da primeira e da segunda divisão. Ponte Preta, Sport, Vitória e Atlético-GO estão entre esses clubes. Montamos uma enquete para saber qual jogador emprestado você, torcedor colorado, ainda gostaria de ver no Inter. Basta clicar no nome abaixo: