Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Aldo vê mancha em legado de Anderson Silva: “Vão dizer que ele foi campeão dopado”

Há dez dias, o UFC noticiava que Anderson Silva havia sido flagrado pela segunda vez no exame antidoping. O ex-campeão do peso-médio, que já havia sido suspenso por um ano em 2015 por uso de substâncias ilegais, foi retirado do card do UFC Shangai, no qual enfrentaria Kelvin Gastelum no próximo sábado. Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva Rio de Janeiro, José Aldo deu sua opinião sobre o caso.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook oficial do UFC

“Querendo ou não, reduz bastante [a carreira de Anderson Silva], ele é um ídolo para a gente. Ele foi pego duas vezes e isso pode condená-lo. Acho que pode atrapalhar e sujar a carreira, que para mim foi um dos melhores”, avaliou o brasileiro, que dia 2 de dezembro enfrenta Max Holloway em revanche para tentar reconquistar o cinturão do peso-pena.

Apesar de dizer que os dois casos de doping diminuem a carreira do Spider, Aldo disse não saber se seu compatriota realmente tomou alguma substância proibida e preferiu não se aprofundar no caso.

“O Anderson é difícil falar se é ou não é. Ele é uma referência no esporte, é um ídolo para mim e para os amantes do MMA. Eu não sei, eu não posso falar muito porque eu não soube”, se esquivou o lutador.

Doping de Cigano e outros brasileiros

Recentemente, outros brasileiros também falharam em exames antidoping no UFC, como por exemplo Junior Cigano e Rogério Minotouro. Como o peso-pesado se consulta com a mesma equipe de nutricionistas que Aldo, o ex-campeão dos penas disse acreditar na inocência de Cigano.

“O Cigano é um cara que trata na mesma médica que eu. Não creio que ele possa ter tomado alguma coisa de melhora de performance ou algo do tipo. Eu acho que ele é muito mais inocente que culpado”, afirmou José Aldo.

O brasileiro também aproveitou para comentar que muitos atletas ainda caem no erro de se automedicar e disse como faz para nunca ser surpreendido nos exames antidoping.

“Os atletas ainda pecam bastante, às vezes querem se medicar por eles mesmos. A USADA muda bastante os componentes que são doping. Eu acho que isso suja bastante toda uma carreira. Hoje em dia, muitos fãs e jornalistas do meio da luta falam que o Anderson foi campeão porque sempre foi um cara dopado. Isso atrapalha bastante, suja a carreira. Então, eu procuro tomar todas as precauções. Antes de iniciar o camp eu mando email para a USADA com tudo o que eu tomar”, revelou Aldo.

LEIA MAIS
SEM MENCIONAR DOPING, ANDERSON SILVA PUBLICA MENSAGEM NO INSTAGRAM

As melhores notícias de esportes, direto para você