Lutas

Anderson Silva é flagrado no antidoping e deixa card do UFC Shanghai

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Twitter UFC Asia

O fantasma do doping novamente assombra Anderson Silva. O ‘Spider’ foi notificado nesta sexta-feira (10) de que teria cometido uma ‘potencial violação’ do antidoping do UFC em um teste feito no último dia 26 e foi retirado do UFC Shanghai, no próximo dia 25.

O site do Ultimate confirmou a notificação feita ao brasileiro. O teste foi feito no período ‘fora de competição’ e já suspenso preventivamente pela Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA). O nome da substância com a qual foi pego não foi revelado pela entidade.

Anderson Silva teria pela frente Kelvin Gastelum no primeiro card do UFC na China continental. É a segunda vez na qual o ‘Spider’ se vê ligado a problemas com o antidoping. Em 2013, o brasileiro foi pego em três exames feitos antes e depois da lutar contra Nick Diaz no UFC 183. Nos testes, o ex-campeão dos pesos-médios teve quatro substâncias proibidas constatadas em seu organismo: androsterona, drostanolona, oxazepam e temazepam.

Na época, Anderson afirmou que as substâncias oxazepam e diazepam estavam presentes em remédios que tomava para combater dores e ansiedade e cujo uso não foi incluído no questionário pré-luta. Além de um estimulante sexual que estava contaminado com androsterona e drostanolona. O brasileiro recebeu suspensão de um ano e viu sua vitória em cima de Diaz anulada pela Comissão Atlética do Estado de Nevada (NAC).

O UFC disse já procurar um novo rival para Gastelum no card chinês. O próprio agora ex-rival de Anderson Silva também foi alvo do antidoping ao ser pego em teste feito durante o UFC Fortaleza, no qual teve seu triunfo em cima de Vitor Belfort anulado. Gastelum recebeu suspensão de três meses pelo caso.

LEIA MAIS

SITE: UFC 218 TERÁ REVANCHE ENTRE JOSÉ ALDO E MAX HOLLOWAY

MCGREGOR SE REVOLTA E EMPURRA ÁRBITRO APÓS LUTA DO BELLATOR; ASSISTA!

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter UFC Asia)