Após comemorar o hepta, Iranduba se movimenta para a manutenção do elenco para 2018

Após as comemorações do heptcampeonato estadual, o Iranduba agora se movimenta para manter o forte elenco para as disputas de 2018, tendo como foco o Brasileirão. Em entrevista ao portal GloboEsporte.com no Arena GE , o Diretor de Futebol, Lucas Tentardini, salientou que tem esperanças na continuidade de algumas jogadoras no elenco, dentre elas, a badalada meia da seleção brasileira, Andressinha. “Eu tenho convicção que as chances da Andressinha ficar são enormes. Ela mesma disse na roda que ano que vem podemos trazer o título brasileiro. Acredito que se não for um “Barcelona da vida” em cima dela, a Andressinha fica no Iranduba. Não posso garantir porque o futebol é dinâmico “, confirmou o diretor. Quem dificilmente ficará é a zagueira Bruna Benites, que deve prosseguir a carreira no exterior. Contudo, o dirigente aponta que há uma outra defensora no radar. “A Bruna é uma situação mais difícil, porque ela tem a ideia de voltar para o exterior, mas se pudermos segurá-la, também é uma menina que mostrou muita capacidade, uma liderança fora do comum e uma experiência boa para o time, que sempre foi muito novo. Vamos tentar mantê-la, mas já temos uma zagueira contratada, que vem de fora do Brasil”.

Ivan Ruela
Colaborador do Torcedores

Crédito: Bruna Benites, Mayara Bordin, Andressinha e Renata Costa (Fotos e montagem: Ivan Ruela)

Segundo Lauro, outras jogadores renomadas, como Mayara Bordin e Renata Costa, também devem seguir no grupo.

“A Renata Costa eu acredito que fique. Liberei ela para jogar no Internacional o Campeonato Gaúcho porque era um compromisso que ela tinha assumido antes de vir para o Iranduba e eu nunca dificultaria essa situação. A Mayara Bordin tinha proposta da Espanha e acabou vindo muito pelo público de Manaus e acredito que também deva ficar conosco “, finalizou.