Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Saiba quanto o Cruzeiro arrecada com bilheteria na temporada de 2017

Nesta semana, principalmente após a negociação do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, ficou claro que a situação financeira do Cruzeiro não é das melhores. Além da venda do atleta, nos últimos meses corriqueiramente o clube estrelado foi acionado na Fifa devido a falta de pagamento em outras transações. Aliado forte para reforçar o caixa, a arrecadação nas bilheterias durante as partidas da Raposa é no momento apenas razoável.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Washington Alves/Cruzeiro/Divulgação

Segundo dados divulgados pelo portal Globoesporte.com, o Cruzeiro tem a sétima melhor média de público do futebol brasileiro em seus jogos. Sem contabilizar o jogo diante do Avaí, no Mineirão, que terminou empatado por 2 a 2, em média, o Gigante da Pampulha recebe 18.712 mil torcedores, o que equivale 30% de ocupação do estádio. Até aqui, o time celeste arrecadou R$ 24, 2 milhões em bilheterias (média de R$690.181), contando todas as competições que disputou em 2017 (Copa do Brasil, Mineiro, Brasileirão, Sul-Americana e Primeira Liga).

Com um preço médio do bilhete a R$ 60, o Cruzeiro conseguiu seus melhores números referentes a torcida na Copa do Brasil. Na competição, o clube atingiu média de 29.483 torcedores, sendo que a renda por partida foi de R$ 1.786.757 milhão. Até o pentacampeonato do torneio, a Raposa disputou sete partidas.

Já no Brasileirão, o Cruzeiro tem uma média de torcedores de 15,128. Com a comercialização média do bilhete a R$ 24, nas 17 partidas no Mineirão, o Cruzeiro arrecada em cada uma delas cerca de R$ 373.681 mil.

No Mineiro, a média é de 18.184 mil torcedores sendo que nos sete jogos, a Raposa arrecadou por volta de R$534 mil, sendo o ingresso comercializado a R$ 29. Já na Primeira Liga, o Cruzeiro disputou três embates no Gigante da Pampulha, sendo em cada uma delas a arrecadação de R$ 435 mil. Por fim, na Sul-Americana a arrecadação foi R$247 mil.

Cinco maiores públicos e arrecadações do Cruzeiro em 2017

Cruzeiro 0 x 0 Flamengo – Copa do Brasil- Mineirão, 56.467 mil torcedores, renda bruta de R$ 7.897.058 milhões – Preço médio do Ingresso: R$ 139.

Cruzeiro 1 x 0 Grêmio – Copa do Brasil – Mineirão, 50.243 mil torcedores, renda bruta de R$ 1.730.781 milhão – Preço médio do Ingresso: R$ 34.

Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras – Copa do Brasil – Mineirão, 41.552 mil torcedores, renda bruta de R$ R$ 1.277.729 milhão – Preço médio do Ingresso: R$ 30.

Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG – Primeira Liga – Mineirão, 39.811 mil torcedores,  renda bruta de R$ 1.139.052 – Preço médio do Ingresso: R$ 28.

Cruzeiro 1 x 1 Flamengo – Campeonato Brasileiro – Mineirão, 39.699 mil torcedores, renda bruta de R$ 1.349.516 – Preço médio do Ingresso: R$ 33.

LEIA MAIS:

PRESIDENTE ELEITO REVELA COMO PRETENDE MUDAR A SITUAÇÃO FINANCEIRA DO CRUZEIRO