Futebol

Botafogo vence na Ilha do Retiro e empurra Sport para o Z-4

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O Sport perdeu para o Botafogo por 2×1, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão até iniciou bem a partida, mas sofreu dois gols (Bruno Silva e Marcos Vinícius) que mudaram o rumo do duelo. André foi dono do único gol rubro-negro.

Com a vitória, o Botafogo segue em sexto lugar, mas voltou a ficar a três pontos do G-4. Foi a 51, enquanto o Palmeiras que perdeu tem 54. Já o Sport viu o Vitória, concorrente direto contra o rebaixamento, vencer, ir a 38 pontos e empurrar o time de Daniel Paulista, com 36, de volta para o Z-4.

O Botafogo volta a jogar no próximo sábado. O time carioca vai receber o Atlético PR no Engenhão, às 17h. No domingo, o Sport vai até o Olímpico visitar o Atlético GO, às 17h. Ambas as partidas estão no horário de Brasília.

A torcida compareceu e apoio o time do Sport no inicío de partida contra o Botafogo. Os primeiros minutos, o Leão começou com o controle de bola, aproveitando os erros de passe da equipe carioca. Aos 10, Rithely conseguiu ganhar de cabeça e mandou no cantinho, mas Victor Luis evitou gol. No rebote, Patrick experimentou e Gatito defendeu.

Quando o Sport era melhor, sofreu um golpe duplo. Primeiro, Magrão fez lambança ao tentar driblar Bruno Silva, que roubou a bola e bateu para o gol vazio. Quatro minutos depois, Marcos Vinícius recebeu na entrada da hora, entortou a zaga pernambucana e bateu no canto, aumentando o placar.

Após o gol, o Sport sentiu o baque. O Botafogo por pouco não fez o terceiro quando Bruno Silva achou Brenner na área. O atacante ficou cara a cara com Magrão, mas bateu em cima do goleiro. Daniel Paulista ainda tentou mudar a situação sacando o vaiada Wesley para entrada de Marquinhos. A mundança não surtiu efeito esperado. A equipe carioca cadenceou o jogo até o intervalo.

No segundo tempo, com a vantagem no placar, o time alvinegro se resguardou na defesa, enquanto o Sport passou praticamente todo o tempo no seu campo de ataque. A melhor chance surgiu em chute de Marquinhos, defendido por Gatito.

Jogando com o relógio ao seu favor, o Botafogo gastava o tempo, se armava para tentar sair na base do contra ataque. A torcida não jogava junto, o time não se encontrava. Porém, nos minutos finais, após bate rebate na área, André diminuiu para os rubro-negros.

A torcida voltou a empurra a equipe acreditando no empate. O Sport foi para cima nos minutos finais. Os visitantes deram espaço, assim como os rubro ngeros, mas faltou mais qualidade para se mudar o placar.

FICHA DO JOGO

SPORT: Magrão; Samuel Xavier (Thomás), Henriquez, Durval e Sander; Rithely, Patrick e Wesley (Marquinhos); Rogério (Lenis), Osvaldo e André
Técnico: Daniel Paulista

BOTAFOGO: Gatito, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Matheus Fernandez), Bruno Silva, João Paulo (Gilson) e Marcos Vinicius; Rodrigo Pimpão e Brenner (Guilherme)
Técnico: Jair Ventura

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Igor Rabello, Arnaldo, João Paulo, Matheus Fernandes (Botafogo); Henriquez, Durval (Sport)
Gols: Bruno Silva (14’ do 1T, Botafogo), Marcos Vinícius (18’ do 1T, Botafogo) e André (40’ do 2T, Sport)
Público: 24.1119
Renda: R$ 118.936

LEIA MAIS: SITE ALEMÃO APONTA OS JOGADORES MAIS VALIOSOS DO SPORT