Carille exalta ‘talismã’ Giovanni Augusto na hora H: “Nunca desisto de jogador”

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, o Corinthians se aproximou muito do título brasileiro ao bater o Atlético-PR, em Curitiba, com gol do então esquecido Giovanni Augusto já na reta final da partida. Em entrevista coletiva, o técnico Fábio Carille exaltou a confiança no camisa 17, mesmo não estando em grande fase no clube.

Ainda assim, Giovanni foi alçado pelo comandante na etapa final na vaga de Clayson e decidiu em um chute de direita, que contou com a colaboração do goleiro Weverton.

“Eu não desisto de jogador. Ele (Giovanni Augusto) fez alguns treinos pela esquerda que eu gostei demais. Conversamos e ele me falou que gosta de jogar ali, trazendo para o meio. Hoje ele foi abençoado com o gol nos ajudando com a vitória aqui em Curitiba”, avaliou Carille.

FALA, GIOVANNI

Na zona mista, o próprio meia-atacante desabafou contra os críticos e destacou sua autoconfiança desde os treinamentos.

“Não sou mais nenhum menino, sei como funciona o futebol. O que não pode é relaxar, acomodar. Foi o que procurei fazer nesse tempo fora: me dedicar. Eu me dediquei e sabia que na hora certa Deus iria me abençoar”, disse o camisa 17, que não balançava as redes há mais de um ano.

Agora com 65 pontos, o Corinthians abriu oito de vantagem para o Grêmio, novo vice-líder. Faltam cinco rodadas pela frente (15 pontos em disputa). No próximo sábado, o Timão pode definir já o Brasileirão se vencer o Avaí, em Itaquera, mas terá que depender dos resultados dos concorrentes.

LEIA TAMBÉM:
Brasileirão 2017: veja a classificação atualizada após os jogos desta 4ª feira



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.