Futebol Internacional

Croácia e Suíça são favoritas nas partidas que abrem a repescagem europeia para a Copa do Mundo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Modric, destaque da seleção da Croácia

Foto: Modric, destaque da seleção da Croácia

Crédito: Foto: Federação Croata/Facebook oficial

Oito jogos para definir quatro vagas. As partidas do playoff europeu das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia-2018 começam na tarde desta quinta-feira (no horário de Brasília), iniciando algumas das mais acirradas disputas por um lugar no Mundial. Croácia x Grécia e Irlanda do Norte x Suíça abrem a rodada, com mais um jogo na sexta (Suécia x Itália) e outro no sábado (Dinamarca x Irlanda). Nas partidas desta quinta, há dois claros favoritos – um jogando como mandante, o outro fora de casa.

Um caldeirão em Zagreb
Entre os quatro duelos da repescagem europeia, o confronto mais desequilibrado – pelo menos no papel – começa a ser travado às 17:45, no estádio Maksimir, em Zagreb, entre Croácia e Grécia. A fanática torcida croata deverá lotar os 60.000 lugares do palco da partida de ida, sonhando com mais uma participação na Copa (seria sua quinta presença no torneio como nação independente, pós-Iugoslávia).

A Croácia ficou em segundo no grupo liderado pela Islândia, e conquistou o lugar nos playoffs de forma heroica, batendo a Ucrânia em confronto direto pela vaga, fora de casa, na rodada final. Já a Grécia pegou uma moleza: com exceção da Bélgica, campeã da chave, era a única equipe com alguma tradição em seu grupo, que tinha ainda as fracas Bósnia, Estônia, Chipre e Gibraltar. Sua presença nesta repescagem, portanto, foi obtida mais pela fragilidade dos rivais do que por seus méritos.

O grande trunfo dos croatas para esse mata-mata decisivo é o meio-campo com os ótimos Modric, do Real Madrid, e Rakitic, do Barcelona. Kramaric, do Hoffenheim, também pode decidir. Já Mandzukic, da Juventus, pode até ficar de fora da partida, já que enfrenta problemas físicos. Outro atleta que não está 100% é Lovren, do Liverpool, que deverá ser poupado para o jogo de volta, em Atenas. No lado grego, o técnico alemão Michel Skibbe tem o desfalque de Maloas, da Roma, suspenso. Mitrouglou, do Olympique de Marselha, deverá jogar isolado no ataque, com a equipe bem fechada na defesa.

Entre todos os confrontos de ida deste playoff europeu, nenhuma seleção tem um favoritismo tão amplo quanto a Croácia nas projeções das casas de apostas esportivas. De acordo com o site Oddsshark.com, uma vitória do time da casa na partida desta quinta-feira paga R$ 1,40 a cada R$ 1,00 investido. Em caso de empate, o retorno é de R$ 4,20/R$ 1,00. E quem quiser se arriscar colocando suas fichas nos gregos tem uma chance de garantir as compras de Natal por antecipação: um possível triunfo dos visitantes pode fazer você multiplicar seu investimento por dez (R$ 10,18 a cada R$ 1,00 aplicado).

Jogo de xadrez em Belfast
No outro duelo desta quinta, também às 17:45, mas no estádio Windsor Park, a Irlanda do Norte tenta surpreender a Suíça, que fez uma campanha bem mais consistente na fase de grupos. Depois de liderar boa parte da competição, a equipe suíça só deixou escapar a vaga direta na rodada final, perdendo para Portugal, equipe campeã europeia, em Lisboa. Seu desempenho foi bem mais consistente do que o de várias outras classificadas – e possivelmente teria ficado com uma vaga direta caso tivesse caído em uma chave menos complicada. Já a Irlanda do Norte ficou em segundo lugar no grupo liderado pela Alemanha, e teve de superar República Tcheca e Noruega para ir à repescagem.

Por decidir a vaga em casa, no domingo, a Suíça poderá usar seu tradicional pragmatismo para fazer um duelo bastante tático e estudado na ida. A Irlanda do Norte, que foi pela última vez à Copa do Mundo em 1986, precisará do apoio da torcida e de muita paciência para conseguir achar uma brecha na defesa suíça. O técnico Michael O’Neill terá seu elenco completo à disposição. Já o treinador suíço, Vladimir Petkovic, terá o desfalque do zagueiro Djourou.

Ao contrário da partida em Zagreb, o jogo de Belfast tem os visitantes como favoritos à vitória. Segundo o Oddsshark.com, um triunfo dos suíços fora de casa paga R$ 2,16 a cada R$ 1,00 investido. Se der Irlanda do Norte, o retorno é de R$ 3,89/R$ 1,00. Por fim, um empate (que, pelas circunstâncias, pode ser considerado um resultado melhor para os suíços) devolve R$ 2,99/R$ 1,00. Essa parece ser uma boa opção na hora de fazer seu palpite para o jogo – afinal, além de adiar a decisão da vaga para a volta, na Basileia, esse resultado está de acordo com a tradição da Suíça, seleção famosa por adorar um empatezinho em seus compromissos internacionais.

Confira os jogos de ida da repescagem europeia das Eliminatórias:

9/11 – 17:45 – Croácia (R$ 1,40) x Grécia (R$ 10,18); empate (R$ 4,20) – Palpite: Croácia
9/11 – 17:45 – Irlanda do Norte (R$ 3,89) x Suíça (R$ 2,16); empate (R$ 2,99) – Palpite: Empate
10/11 – 17:45 – Suécia (R$ 3,34) x Itália (R$ 2,32); empate (R$ 3,07) – Palpite: Empate
11/11 – 17:45 – Dinamarca (R$ 1,74) x Irlanda (R$ 5,32); empate (R$ 3,40) – Palpite: Dinamarca

Aproveite e confira outros odds no Torcedores.