Despedida do Inter na B teve comemoração de gol-fantasma e anúncio de “novo” técnico

O Inter está oficialmente livre da Série B. Seu último compromisso com a segunda divisão foi neste sábado, no Beira-Rio, já com acesso garantido e com vitória por 2×0 sobre o Guarani em duelo que reuniu cerca de 30 mil pessoas no estádio. De volta à elite, o colorado não leva consigo o título da segundona, que ficou nas mãos do América-MG após a vitória por 1×0 sobre o CRB no mesmo horário.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Inter

Mas, em determinado momento do segundo tempo no Beira-Rio, pensou-se o contrário. Uma onda de comemoração se espalhou pela torcida colorada sem que o Inter, naquele instante, sequer estivesse atacando. Imediatamente imaginou-se um gol do CRB, que estaria dando o título ao time gaúcho. Até mesmo o atacante William Pottker foi visto comemorando. Mas não teve gol da equipe alagoana e a taça ficou mesmo com o América-MG.

Ao final do jogo, todos os jogadores colorados fizeram questão de saudar a torcida como forma de agradecer ao ano inteiro de apoio. Liderados por D’Alessandro, como de costume, os atletas fizeram uma espécie de volta olímpica de agradecimento e em retribuição ouviram que “o papai voltou”.

Novo técnico, mas nem tão novo

O sábado no Beira-Rio também foi de definições quanto ao futuro do time. O vice-presidente de futebol, Roberto Melo, anunciou em sua coletiva oficialmente o novo treinador do Inter. Nem tão novo assim: Odair Hellmann, que vinha comandando o time de forma interina, foi efetivado no cargo.

“Esse ano fizemos aquilo que não gostamos de fazer, que foram duas alterações no comando técnico. Mas temos que fazer aquilo que é necessário. Quando tomamos a decisão, tomamos porque achamos correta. Acho que acertamos nas alterações. Conheço o Odair desde a base, já ajudou o clube em diversos momentos. Já trabalhou com grandes treinadores. Aprendeu muito desde então e ele está preparado para esse momento”, destacou Melo, confirmando o novo treinador.

Ex-jogador profissional, Odair Hellmann ganhou mais notabilidade ao dirigir o Inter na goleada sofrida para o Grêmio, por 5×0, no primeiro turno do Brasileirão de 2015. Na ocasião, ele substituía interinamente o uruguaio Diego Aguirre. Em 2017, voltou a dirigir o time na saída de Antônio Carlos Zago e comandou a equipe na vitória por 2×1 sobre o Palmeiras, na Copa do Brasil. Na reta final da Série B, quando sucedeu Guto Ferreira, Odair esteve na casamata no jogo do acesso, o empate em 0x0 fora de casa contra o Oeste.

Além disso, com o “Papito”, o Inter venceu Goiás e Guarani nas duas rodadas finais e terminou com vitórias a Série B. Para 2018, os desafios serão o Gauchão, a Copa do Brasil e a Série A do Brasileirão.

LEIA MAIS:

Inter anuncia Odair Hellmann como técnico para 2018

Camisas do Lanús são vendidas no Beira-Rio antes de jogo do Inter