Dracena solta o verbo e reprova jogo contra o Vitória: “Não podemos entrar mais desligados”

César Greco / Ag. Palmeiras

Nesta quarta-feira, o Palmeiras fez uma das piores apresentações no Campeonato Brasileiro – de longe, a menos eficiente na era Alberto Valentim – e foi derrotado facilmente pelo Vitória por 3 a 1, em Salvador. O revés deixou o Verdão a 11 pontos do líder Corinthians e, para completar, colocou em risco a vaga direta da equipe na Libertadores de 2018.

Hoje o Palmeiras ainda é o quarto colocado com 54 pontos, porém já vê o Botafogo se aproximando, com 51 – após a vitória sobre o Sport, em Recife. Faltando cinco jogos para o fim, o zagueiro Edu Dracena não quer mais o time atuando da forma que aconteceu no Barradão.

“Palmeiras não pode tomar oito gols em três jogos. Não dá para cometer mais esses erros (…) Não poderíamos ter entrado assim, tão desligados, fomos alertados e todo mundo sabia da pressão. Agora é falar menos e trabalhar mais. É cada um assimilar o baque de hoje para poder reverter a situação o mais rápido possível para dar ao Palmeiras uma vaga direta na Libertadores”, disse o beque na zona mista.

“Todo mundo aqui já mostrou seu valor anteriormente, seu talento, e agora temos que nos unir. Nosso foco, como dizemos, é o G-4, é classificar o Palmeiras diretamente para a Libertadores para podermos fazer uma temporada totalmente diferente dessa”, completou o autocrítico Dracena.

ATENÇÃO

O goleiro Fernando Prass seguiu a mesma linha e apontou que o time precisa entrar mais ligado contra o Flamengo, no domingo, no Allianz Parque. “A gente não está em um momento muito bom. Nosso primeiro tempo aqui, assim como contra o Corinthians, foi muito abaixo. Tanto que levamos três gols. (…) Por isso temos que entrar um pouco mais concentrados para não cometer mais esses erros”, avaliou o camisa 1.

LEIA TAMBÉM:
Acabou o amor: torcedores do Palmeiras detonam Alberto Valentim e pedem novo técnico para 2018

Avenida Egídio: torcedores do Palmeiras se revoltam e pedem a saída do contestado lateral
Brasileirão: veja a classificação atualizada após os jogos desta 4ª feira



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.