Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Ex-campeã do UFC vê Holm com ‘boas chances’ de vencer Cyborg

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Miesha Tate

Por ser campeã, Cris Cyborg é possivelmente a grande favorita na luta que fará no dia 30 de dezembro no UFC 219, contra Holly Holm. Mas uma ex-campeã do Ultimate e que tem vitória em cima de ‘The Preacher’s Daughter’ no currículo, vê a americana com chances de conseguir tomar o cinturão peso-pena da brasileira.

A ex-campeã peso-galo do UFC, Miesha Tate, afirmou ao programa MMA Tonight on Sirius XM Rush que Holm, a qual venceu no UFC 196, em março de 2016, é a lutadora com ‘a melhor oportunidade’ de conseguir pressionar a brasileira e conseguir a vitória.

“De todo mundo que posso imaginar enfrentando a Cyborg, a que tem as melhores chances de vencê-la é a Holly Holm. Digo isso porque, se a Cyborg não conseguir dominá-la, caçá-la igual a Ronda (Rousey) fez com ela, porque já a vi fazendo isso, é assim que ela pressiona suas rivais. Mas não seria uma boa ideia fazer isso com a Holly. Ela consegue se mover e tem ótimo contra-ataque. Se Holm conseguir dar aqueles chutes altos, ela pode nocautear qualquer um. Por isso acho que será uma interessante”, declarou Tate.

‘Cupcake’ prosseguiu com a análise da luta. A ex-campeã declarou que, para a brasileira, uma possível dificuldade pode vir com as tentativas de queda em cima da americana, elogiando a defesa da ex-rival.

“Se a Cyborg conseguir derrubar a Holly, é claro que ela estará ‘encrencada’. E como. Mas eu posso falar do incrível jogo com os pés que ela tem. É difícil de lidar com ele. Você tem que dar tudo o que tem para tentar colocá-la no chão; Acho que consegui a derrubar umas duas vezes em cinco rounds na nossa luta. E imagino que eu seja mais rápida que a Cris. Ela é realmente mais forte, mas não é a mais rápida de todas as lutadoras. Ela não parte tanto para a queda e vai ser muito difícil para a Cyborg tentar pressionar a Holly contra a grade”, completou.

LEIA MAIS

EX-UFC É CONDENADO POR MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS NA COREIA DO SUL

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial da Miesha Tate)

Leia mais:

Sair da versão mobile