Lutas

GSP se esquiva sobre futuro no UFC: “Não posso dizer nada”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

Depois de vencer Michael Bisping no UFC 217, Georges St-Pierre viu seu futuro no Ultimate ganhar uma diversidade de opções. E o próprio GSP disse não saber o que o aguarda em suas próximas lutas em sua volta ao MMA.

O canadense deu uma entrevista nesta quinta-feira 99) ao programa ” que seu futuro no UFC ainda é incerto e que prefere pensar em um passo de cada vez antes de decidir contra quem será seu próximo desafio.

“Não posso dar certeza (sobre o futuro). Não sei de nada. Vamos ver o que acontece. Estou feliz, Queria pegar uma luta de cada vez, resolver um problema de cada vez e, depois, tomar uma decisão. E eu o fiz e acho que fez bem para o UFC. Eles ganharam muito dinheiro e também foi bom para mim. Foi bom também para o Bisping, ele é alguém que eu respeito muito. É um exemplo de determinação para o esporte”, disse St-Pierre.

Como novo campeão dos médios, GSP teria como possível próximo adversário Robert Whittaker, campeão interino da categoria. St-Pierre admite que seu contrato com o UFC faz com que ele tenha que defender o título contra o neo-zelandês, também não confirma que esta possibilidade seja definitiva.

“No meu contrato, diz que eu tenho que lutar contra Robert Whittaker. Isto está escrito no contrato. Se isso me deixa excitado, não sei. Ele é um lutador excelente e já esteve antes em Montreal. Ele é um grande lutador, um grande campeão e só tenho coisas boas a dizer sobre ele. Vim de uma luta dura, ainda sinto algumas dores. Quero descansar um pouco e ver o que tenho pela frente”, comentou.

LEIA MAIS

Dominick Cruz se lesiona e fica fora de luta no UFC 219

 Agente de Holly Holm descarta luta contra Cris Cyborg no UFC 219

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC)