Hernanes teve receio de voltar ao São Paulo, mas esposa o motivou: ‘Estão precisando de você’

Hernanes
Foto: Reprodução/Esporte Interativo

Os torcedores do São Paulo são quase unânimes quando se fala que Hernanes é o principal responsável pela reviravolta do clube no Brasileirão. Mas seu retorno poderia não acontecer, como o meia mesmo revelou em entrevista ao “No Ar”, do Esporte Interativo.

Primeiramente, Hernanes contou como apareceu o convite para voltar ao Tricolor e recordou-se que seu primeiro contato foi com Rogério Ceni. Mas a proposta milionária da China para a Juventus impediu sua volta.

“O São Paulo já havia aparecido em janeiro. Eu acabei falando com o Rogério (Ceni) e, a China não tinha aparecido ainda, aí eu falei ‘Se der certo aqui com a Juventus eu gostaria de voltar’. Foi quando eu abri a possibilidade de voltar ao Brasil, ao São Paulo. Foi com o Rogério no começo do ano”, relembrou.

“Acabou que dias depois apareceu a proposta da China. E aí não tem como competir, porque o São Paulo era opção de empréstimo, então é difícil. Na China não, os caras compraram. Então não tinha como competir uma proposta com a outra. Aí acabei indo para a China”, completou.

Contratado de forma ‘silenciosa’ pelo São Paulo em julho, Hernanes disse que pelo momento da equipe no Brasileirão ficou receoso de retornar e não cumprir com a expectativa. Mas sua esposa fez sua cabeça e o motivou.

“No meio do ano aconteceu um novo chamado, ali eu já não estava jogando. E foi o momento (da briga) do rebaixamento. Meu primeiro pensamento foi ‘Caramba, se eu for e o negócio der errado eu vou ficar marcado não pela história positiva que eu tive, mas sim com uma história negativa’. E a princípio falei ‘acho que não vou não’. Tive dúvida, porque não queria manchar minha história”, revelou.

“Mas minha esposa falou algo interessante, que me fez pensar ‘Poxa, o São Paulo agora está precisando de você. Se você não atende, depois você precise e aí eles não vão te atender’. Uma coisa assim ela falou e que me fez mudar (de opinião) e não querer me proteger. Me arrisquei”, completou.

Outro ponto que deixou Hernanes com o ‘pé atrás’ foi o fato de estar inativo na China, já que estava treinando na equipe B do Hebei Fortune.

“Eu estou aqui (na China) sem jogar, o São Paulo precisando de mim, não sei se tenho condições de ajudar muito (risos). Mas a dúvida me bateu por isso. Aí tive que chegar, chegando”, finalizou.

LEIA MAIS
VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO APÓS EMPATE NO PACAEMBU
SÃO PAULO X CHAPECOENSE: HERNANES TENTA GOL DO MEIO-CAMPO; ASSISTA
SÃO PAULO X CHAPECOENSE: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.