Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Primeira narradora de Minas, Isabelly Morais vibra com título do América-MG

Ela entrou para a história do futebol mineiro ao se tornar a primeira mulher a narrar uma partida no estado, naquela ocasião, no dia 7 de novembro Isabelly Morais quebrou um enorme tabu e preconceito machista, nas ondas da Rádio Inconfidência de BH, ela comandou a jornada esportiva e narrou os dois gols da vitória do América-MG sobre o ABC, por 2 a 0, pouco mais de duas semanas, – dias estes que mudaram radicalmente sua vida, –  lá estava Isabelly de novo à frente dos microfones para transmitir o título do Coelho na Série B, desbancando o favorito Internacional. 

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Foto: Reprodução Twitter

Após a conquista no Independência, a narradora fez questão de descer da cabine e tietar o bicampeonato do time americano na Série B, título mais do que especial para a mesma que, usou as redes sociais para vibrar pela conquista.

História de Isabelly Morais

Com apenas 20 anos, a jovem cursa o 5º período de Jornalismo, alguns meses atrás, em busca de estágio, procurou a Rádio Inconfidência, emissora tradicional de BH, que através do diretor de esportes Jose Augusto Toscano, abriu as portas para ela. Toscano já tinha a intenção de colocar uma mulher à frente dos microfones para tentar quebrar um paradigma no universo futebolístico, e acreditou no potencial de Isabelly, que corajosamente, aceitou o desafio.

Após o ocorrido, a vida de Isabelly mudou totalmente, algumas críticas, entretanto uma “chuva” de elogios e parabenizações, no final da semana depois do feito histórico que rodou o país, Isabelly já estava comandando outra jornada, –  e agora na Série A-  narrando o empate entre Bahia e Atlético-MG, na Fonte Nova. Além disso ainda narrou o duelo entre Cruzeiro e Avaí, no Mineirão. Coroando o excelente fim de ano, a jovem que já tinha brincado em sua estreia, dizendo para o Inter se cuidar que o América tava chegando, narrou o gol do título do Coelho na Série B, nesse último sábado.

Embora admita que ainda é muito cedo para seguir uma carreira na narração, Isabelly quebrou uma enorme barreira e certamente será inspiração para muitas mulheres que sonham em trabalhar no futebol, tal qual Toscano, que através de sua atitude louvável, será exemplo a ser seguido por outros diretores de rádio pelo Brasil à fora.

O Torcedores.com conversou com Isabelly no início do mês, relembre a entrevista clicando aqui