Futebol

Maus resultados em casa fizeram o Palmeiras perder a chance de conquistar o Brasileirão

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro

O Corinthians nadou de braçadas durante, praticamente, todo o Campeonato Brasileiro, principalmente no primeiro turno. Diante disso, mesmo com o fraco desempenho apresentado no returno, o Timão conquistou o heptacampeonato na noite desta quarta-feira (15), após vencer o Fluminense, em Itaquera. A confirmação do título chegou ao time comandado por Fabio Carille com três rodadas de antecedência, mas por muito pouco, o maior rival Palmeiras não brigou para tirar a taça da equipe do Parque São Jorge.

O Palmeiras chegou a precisar apenas de duas vitória, sendo uma no confronto direto, para tirar a liderança do Corinthians, mas a equipe Alviverde fracassou na missão. O pior, no entanto, é que se analisarmos o desempenho do Verdão como mandante, a decepção fica ainda maior.

Em jogos como mandante, tanto no Allianz Parque como no Pacaembu, o Palmeiras desperdiçou 18 pontos (três empates e quatro derrotas) até a 34ª rodada. A diferença para o líder Corinthians, antes do início da 35ª rodada era de 11 pontos – ou seja, se tivesse um desempenho melhor diante de sua torcida, o Verdão estaria na briga pelo título.

Vale lembrar ainda que desses resultados ruins em casa, o Palmeiras soma duas derrotas em clássicos – uma para o Corinthians e outra para o Santos, além das derrotas paras Chapecoense e Atlético-PR. Os empates foram contra Atlético-MG, Bahia e Cruzeiro.

Segundo dados do Futdados, até o momento o Palmeiras tem um aproveitamento de 64,71% jogando em casa – foram 33 pontos conquistados em 17 partidas. O Verdão terá a chance de melhora na noite desta quinta-feira (16), quando enfrenta o Sport, no Allianz Parque, buscando, pelo menos, o vice-campeonato.