Futebol

Mercado da bola: Cruzeiro confirma venda de Diogo Barbosa para o Palmeiras

Publicado às

Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com

Palmeiras

Crédito: Foto: Washington Alves / Light Press / Cruzeiro

O Palmeiras acertou nesta terça-feira, a contratação do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Cruzeiro, para o início de 2018. A informação foi confirmada pelo novo vice-presidente Itair Machado, durante entrevista ao site “Lance!“.

Já vendeu. O Gilvan, que é o presidente até o fim desse ano, disse que precisava do dinheiro. Nós gostaríamos de manter o jogador, mas só vamos assumir em janeiro, então não temos o que fazer“, explicou Itair Machado.

Para Itair Machado, o presidente Gilvan de Pinho Tavares, que está como mandatário do clube mineiro até o final deste ano explicou a nova diretoria do Cruzeiro que precisava da grana da venda do jogador . Diogo Barbosa deve seguir na Toca da Raposa até dezembro e depois assinar com o Palmeiras.

A oferta palmeirense era de 4,5 milhões de euros (R$ 17,2 milhões) por 100% dos direitos econômicos do lateral-esquerdo Diogo Barbosa. O Cruzeiro tinha 25% ficou com 1,1 milhão de euros (R$ 4,2 milhões), o restante ficou com o Coimbra-MG, dono dos outros 75% dos direitos econômicos.

Em entrevista ao site “Super FC”, o novo presidente da Raposa explicou detalhes da venda de Diogo Barbosa ao Palmeiras: “Soube que a proposta para o Diogo era de 4,5 milhões de euros e o clube o vendeu por 6 milhões de euros, com isso o Cruzeiro ficará com uma importância líquida de 1,5 milhões de euros. Devíamos algumas prestações. Não podemos dizer que ficamos satisfeitos“, explicou Wagner Pires de Sá.

LEIA MAIS:
PALMEIRAS TEM TRÊS BAIXAS EM TREINO ANTES DE ENFRENTAR O SPORT; VALENTIM ESBOÇA O TIME
THIAGO NEVES DÁ “CONSELHO” PARA DIOGO BARBOSA SOBRE OFERTA DO PALMEIRAS
AUTOR DE 9 GOLS, THIAGO NEVES É QUEM MAIS ACERTA FINALIZAÇÕES NO BRASILEIRÃO ; VEJA O TOP-10