DESTAQUE

Neymar chora em entrevista e desabafa: “Estão inventando histórias mentirosas”

Publicado às

Estudante de jornalismo. 20 anos | Rio de Janeiro O esporte, principalmente, o futebol me inspiram a cada dia. Temos cada história! É isso que me faz escrever.

Crédito: Crédito: Pedro Martins / CBF

Após vitória sobre o Japão, em amistoso realizado na França, Neymar e Tite cederam entrevista coletiva para imprensa. O técnico e o jogador falaram da partida, e o atacante desabafou após especularem mal relacionamento no PSG.

Neymar comentou sobre as especulaçoes de que estaria mal relacionado no time francês, e brigas com Cavani e treinador da equipe. Entretanto, atleta esclarece e declara que está se sentindo incomodado.

“Aconteceu muita coisa comigo com a tela nova, é um tema que não tenho que opinar. Meus últimos tempos em Paris são perfeitos em números, estou muito bem, feliz, motivado para vencer no Paris, ser um jogador que dê tudo em campo para meus companheiros. E vem me incomodando muito porque estão inventando histórias mentirosas, não tenho nenhum problema com Cavani, com meu treinador, vim com o aval dele para o Paris. Tivemos uma reunião, ele falou que me ajudaria em campo, a vencer nossos objetivos, não é só para mim. É para o clube, para nosso grupo, quero que parem de inventar que tenho problema com meu treinador. Muito pelo contrário, o que eu quero é ser feliz. Não vim incomodar ninguém nem arrumar confusão, vim ajudar. Sei da minha importância para a equipe, sei do meu papel em campo. Isso vem me incomodando, conversei com o professor Tite, com o Edu, isso vem me ferindo aos poucos, essas invenções de quem não está dentro do Paris, de quem não está dentro do nosso dia a dia, falando besteiras. Peço para que sejam corretos.” 

Sobre o jogo, Neymar disse que gostou de sua atuação mesmo com erro de pênalti cometido. E parabenizou trabalho realizado por Tite.

“Feliz pela atuação, não só minha, mas da equipe. Buscamos sempre vencer a partida. Perdi um pênalti, mas só perde quem bate. Fico feliz com os meus números da seleção brasileira, números grandes. Estamos completamente felizes no trabalho na Seleção. Sentimos confiança no que o Tite nos passa, escutamos atentos. Esse é o poder do time. A união do time. É o que nos faz diferente. Queremos melhorar ainda mais em busca do sonho maior, que é ganhar a Copa do Mundo.” 

 

Siga: Carlos Antônio Mello