DESTAQUE

Pottker esclarece polêmica com empresário e garante: “Minha cabeça está no Inter”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Inter

Foto: América-MG x Inter

Crédito: Foto: Divuçgação/Inter

Uma movimentação diferente na concentração do Inter na véspera do jogo contra o Oeste levantou suspeitas sobre o futuro do atacante William Pottker. Acompanhado do empresário do jogador, Fernando Garcia, um representante do Shanghai Shenxin, da China, esteve no hotel e chegou a conversar com o atleta. No entanto, logo após a concretização do acesso à Série A nesta terça, o jogador garantiu que não deixará o clube.

“Logo quando eu cheguei no clube eu falei que iria jogar só seis meses uma Série B pelo Inter. E é isso mesmo. E falei que jogaria a Série A e vou cumprir isso. Criaram uma polêmica desnecessária, que acaba até atrapalhando o jogador. Eu apenas conversei com o meu empresário e com um amigo dele que esteve na concentração. Outros jogadores também desceram”, explicou.

A situação causou ainda mais estranheza porque coincidia com uma fala de Flávio Adauto, dirigente do Corinthians, que chegou a dizer no início do ano que o Inter seria apenas uma “ponte” na carreira de Pottker, que “depois de seis meses iria jogar no futebol da China”. Para ter o ex-atacante da Ponte Preta, o time gaúcho venceu a concorrência do próprio Corinthians.

“O projeto do Inter é sempre conquistar títulos. Faz parte da grandeza do clube. Então todos os jogadores precisam estar com a cabeça no Inter, se não vai ser complicado render, não vai jogar ou ser titular. Eu estou com a minha cabeça no Inter”, acrescentou o jogador.

Com o empate em 0x0 diante do Oeste, o Inter se soma ao América-MG como os dois times que já garantiram o acesso à Série A em 2018. O colorado tem mais duas rodadas para fechar o campeonato e ainda tentar o título. Pega fora de casa o Goiás e fecha a temporada contra o Guarani, no Beira-Rio.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Danilo vibra com o acesso, mas quer objetivos maiores em 2018: “Nossa camisa é pesada”

Renato reclama de jogo em Caxias: “É um absurdo o Grêmio não mandar na Arena”

De 10 para 10: Douglas elogia D’Ale e revela bonito gesto do argentino