Futebol

Quantas vezes o Vasco foi rebaixado?

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

O Vasco da Gama é um dos maiores clubes do futebol brasileiro, com títulos importantes, como da Copa do Brasil, do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América. Mas nem só de glórias é forjada a história do clube carioca. Em 119 anos de história, o Gigante da Colina já sofreu alguns rebaixamentos para a segunda divisão do Brasileirão. Afinal, você sabe quantas vezes o Vasco foi rebaixado?

Ao todo, o Vasco “coleciona” três rebaixamentos em toda sua história, e o Torcedores.com conta como foi cada um deles; relembre!

O primeiro rebaixamento:

A primeira vez que o Vasco conheceu o drama do rebaixamento foi em 2008, quando a equipe era presidida por Roberto Dinamite, um dos maiores ídolos da história do clube. O time era comandado por Renato Gaúcho e tinha grandes jogadores, como Edmundo, Leandro Amaral e Alex Teixeira.

Com apenas 40 pontos, o Vasco terminou o Brasileirão daquele ano na 18ª colocação na tabela de classificação. Além do time de São Januário, também foram rebaixados Ipatinga, Portuguesa e Figueirense.

A equipe retornou para a Série A após conquistar o Campeonato Brasileiro da Série B, em 2009.

A segunda queda:

Foto: Lucas Uebel/Getty Images

O segundo rebaixamento do Vasco aconteceu em 2013, quando a equipe terminou a competição novamente na 18ª colocação, com 44 pontos. O time tinha nomes como Fágner, que deve confirmar a conquista de mais um título Brasileiro com a camisa do Corinthians nas próximas rodadas, Marlone, Bernardo e Guiñazú. O técnico era Adilson Batista. Além do Gigante da Colina, também foram rebaixados Portuguesa, Ponte Preta e Náutico.

O Vasco retornou para a Série A após garantir a 3ª colocação na tabela de classificação da Série B 2014, com 63 pontos. O Joinville foi o campeão, com 70 pontos.

O terceiro rebaixamento:

Foto: Buda Mendes/Getty Images

O terceiro e último rebaixamento do Vasco até o momento aconteceu em 2015, quando a equipe terminou o Brasileirão mais uma vez na 18ª colocação, com 41 pontos. O elenco tinha nomes como Martín Silva, Rodrigo, Luan e Thalles. A equipe era comandada pelo técnico Jorginho. Neste ano também foram rebaixados Avaí, Goiás e Joinville.

O Vasco garantiu o acesso com mais uma 3ª colocação, desta vez com 65 pontos. O Atlético-GO conquistou o título, com 76 pontos.