DESTAQUE

Renata Fan explica comparação polêmica, revela tentativa de conversa com Jô e se desculpa

Publicado às

Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Renata Fan

Crédito: Foto: Reprodução/ESPN

Renata Fan voltou a falar sobre um assunto que causou polêmica em setembro. A apresentadora do Jogo Aberto havia comparado hipoteticamente um episódio do corintiano Jô a uma situação de um ladrão. Convidada do Bola da Vez, da ESPN Brasil, a jornalista se explicou, revelou uma tentativa de conversa com o jogador e pediu desculpas pelo ocorrido.

Na época, Jô havia feito um gol com braço diante do Vasco e só assumiu dois dias depois. Renata Fan, então, opinou um dia antes que o atacante deveria ter assumido a irregularidade após o jogo e não depois que circularam as imagens. Foi aí que veio a comparação feita pela apresentadora. (RELEMBRE O EPISÓDIO)

“Eu jamais imaginei que teria uma repercussão como essa, porque jamais quis chamar o Jô de ladrão. Deixo isso bem claro. Eu tentei conversar com ele, mandei uma mensagem também um dia após o ocorrido e ele não me retornou. Mas posso falar abertamente sobre isso. Tentei trazer uma comparação onde eu disse ‘Se você não quer assumir que fez alguma coisa, você só assume que fez depois que a câmera mostra, você precisa pensar melhor seus conceitos”, explicou Renata.

“O que eu gostaria é que o Jô tivesse vindo a público, tivesse reconhecido. Isso foi numa segunda-feira e quando foi na terça-feira ele chamou uma coletiva improvisada e disse ‘Eu não tinha visto, não sabia. Mas agora vi a imagem e reconheço que o gol foi com o braço’. Então o que eu quis dizer é que o Jô deveria se retratar, porque isso (a comparação) foi em uma segunda-feira no calor da discussão”, completou.

Renata Fan admite que no calor do momento usou a palavra errada ao comparar as situações, mas relembrou das ofensas que sofreu e que isso não justificava seu erro. E aproveitou também para se desculpar com Jô.

“Eu até usei a palavra ‘roubar’, acho que eu deveria ter usado outra palavra, sim. Hoje se eu pudesse ter uma segunda chance não usaria esse termo. Até porque as pessoas nem viram o programa, nem sabiam e virou uma coisa geral. Eu recebi inúmeras críticas, e aí vem aquela história ‘Ah, vagabunda, sua piranha, que eu invadi a Band’. Porque assim, na rede social todo mundo é macho, é fêmea e é forte”, desabafou.

“Eu gostaria de ter usado outra palavra. Depois pensando, eu gostaria de ter me expressado de uma maneira diferente, mas acabei falando aquilo. Mas o Jô é uma pessoa super consciente, uma pessoa que em todas as entrevistas reconhece que teve várias chances na vida, que se resgatou, se recuperou e eu espero que Jô não me julgue em um episódio isolado, mas que ele possa entender o conjunto da obra”, disse.

Queria até aproveitar o espaço para me desculpar com o Jô se ficou algum mal entendido, mas jamais gostaria de ofender alguém que tem feito um ano excepcional, que é um dos artilheiros do campeonato, que tem sido importante e que na minha opinião, talvez, seja o melhor jogador do Brasileirão”finalizou Renata.

VOTE NOS FINALISTAS DO PRÊMIO TORCEDORES.COM DE MÍDIA ESPORTIVA 2017

LEIA MAIS
SAIBA QUEM SÃO OS FINALISTAS DO PRÊMIO TORCEDORES.COM DE MÍDIA ESPORTIVA 2017
SILVIO LUIZ DISPARA CONTRA A BAND: “NÃO TEM RESPEITO POR NINGUÉM”
NETO QUEBRA MÁQUINA DE FAX COM MARTELO EM DISCUSSÃO SOBRE QUEM TEM MAIS TÍTULOS
ISABELLY MORAIS CONTA SOBRE EXPERIÊNCIAS INÉDITAS NO RÁDIO MINEIRO