Futebol

Rússia: Saiba tudo sobre o país sede da Copa do Mundo de 2018

Publicado às

Estudante de Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia de Minas Gerais. Sou apaixonado por futebol e amante do bom Jornalismo.

Crédito: Créditos: Divulgação Facebook Российский Футбольный Союз

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2018, os olhos dos amantes por futebol se voltam para Rússia, país sede do torneio internacional. Mas, você conhece algum time local? Ou as principais estrelas do torneio? Não se preocupe, separamos tudo que você precisa saber do Campeonato Russo de futebol.

Após o colapso da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) em 1991, as ex-repúblicas soviéticas realizaram seus próprios campeonatos independentes até o ano 2000. Em 2001, foi criada a RFPL (Russian Football Premier-League). Atualmente o torneio é composto por 16 equipes, que jogam entre si em um total de 30 partidas. Depois, as equipes são divididas em dois grupos com oito times: as oito primeiras equipes disputam as vagas para os torneios europeus, enquanto o restante das equipes luta contra o rebaixamento, compondo 14 rodadas adicionais.

Desde 2010, o campeão e o vice se classificam para a UEFA Champions League, enquanto o terceiro colocado disputa a fase pré-eliminatória da liga. O quarto e quinto colocados se qualificam para disputar a UEFA Europa League. As duas últimas equipes são rebaixadas para a PFN Ligue (Campeonato da Liga Nacional de Futebol).

Segundo pesquisa encomendada pelo Zenit à Nielsen Company, os seis clubes mais populares da Rússia são o Spartak com sua torcida concentrada na cidade de Moscou, o CSKA, o Rubin time mais popular na cidade de Kazan, o Lokomotiv, o Dínamo e o próprio Zenit sendo popular nas demais regiões da Rússia, com notável apoio em sua cidade, São Petersburgo.

Os principais jogadores brasileiros a disputarem o campeonato russo, são Wagner Love (artilheiro da competição com 20 gols em 2008), Welliton (artilheiro do campeonato nos anos de 2009 e 2010 com 16 e 15 respectivamente) e Hulk (artilheiro da competição na temporada 2014/15 com 15 tentos).

A história do futebol russo foi embelezada por grandes jogadores que venceram como melhores futebolistas europeus do ano: sendo eles Lev Yashin (vencedor do Ballon d’Or 1963), Oleh Blokhin (1975), Igor Belanov (1986), além de Rinat Dasaev, eleito o melhor goleiro do mundo no ano de 1988. Após o comitê executivo da Fifa em 2010 eleger a Rússia como país anfitrião da Copa do Mundo de 2018, foi a vez da Uefa definir a cidade de São Petersburgo como sede da Euro 2020.

A Primeira Liga Russa ocupa atualmente a 7ª colocação no ranking da Uefa, ficando a frente da Eredivisie (Campeonato Neerlandês de Futebol).