Futebol

Santos perde para Chapecoense e abandona briga pelo título do Brasileirão

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Chapecoense/Reprodução

Nesta segunda-feira (13), o Santos enfrentou a Chapecoense, na Arena Condá, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe foi derrotado por 2 a 0, com gols de Wellington Paulista e Arthur. Com isso, a Chape se afastou mais da zona de rebaixamento e, agora, está em 13º lugar, com 44 pontos, enquanto o time paulista ocupa a 4ª posição, com 56 pontos, não podendo mais conquistar o título do Brasileirão deste ano.

A partida começou sem grandes jogadas, com ambas as equipes conhecendo o adversário antes de tentar qualquer investida. A primeira chance efetiva foi da Chapecoense, aos sete minutos, com Arthur, mas Vanderlei conseguiu fazer excelente defesa. Apenas quatro minutos mais tarde, em disputa aérea com o meia Luiz Antônio (que teve boa atuação ao lado de Arthur e Wellington Paulista), Lucas Veríssimo colocou a mão na bola dentro da área, e o árbitro marcou pênalti, prontamente convertido por Paulista.

Depois disso, a equipe catarinense continuou pressionando bastante os paulistas, que se mostraram inferiores em quase toda a primeira parte. O Santos teve apenas três boas oportunidades nesse tempo, mas a defesa e o goleiro Jandrei se mostraram bastante atentos nesses momentos.

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira: bastante lenta. Novamente, a primeira boa chance foi da Chape, com Arthur, aos 11 minutos, mas a bola passou fora do gol. Depois desse marasmo, aos 21 minutos, o alviverde catarinense ampliou o placar, com Arthur: após belo cruzamento de Wellington Paulista, o meia aproveitou para somente empurrar para o fundo das redes de Vanderlei. Tiveram mais duas claras oportunidades para cada lado. Porém, nada mais ameaçou a vitória dos donos da casa.

O próximo desafio do Santos será contra o Bahia, na Fonte Nova, nesta quinta-feira (16), às 21h (de Brasília). Já a Chapecoense recebe o Vitória, também na quinta, às 20h (de Brasília), na Arena Condá.