Com interesse do São Paulo, veja quanto o Cruzeiro pode lucrar com a venda de Edimar

Divulgação/SPFC

Com a proximidade do encerramento da temporada, o Cruzeiro já começa a se mexer nos bastidores no que diz respeito a contratações e vendas. Uma das saídas do elenco que provavelmente acontecerá é a do lateral-esquerdo Edimar, que hoje está no São Paulo.

O empréstimo do atleta vai até dezembro de 2017 e o Tricolor já revelou que pretendo contar com o lateral na próxima temporada. Para ter Edimar, a diretoria paulista terá que desembolsar cerca de R$ 720 mil, que é o valor fixado do passe. Contudo, segundo informa o portal Superesportes, o Cruzeiro toparia negociá-lo pelo valor de R$ 400 mil.

Edimar chegou a Belo Horizonte depois de uma negociação junto o Rio Ave de Portugal, na era do técnico Paulo Bento. Assim que foi apresentado, o lateral-esquerdo fez alguns bons jogos. Porém, com o passar da temporada, o atleta oscilou bastante e com isso houve grande rejeição por parte da torcida.

Já em 2017, Edimar perdeu bastante espaço. Além de não conseguir encaixar uma sequência de bons resultados, o jogador ainda teve a concorrência de Diogo Barbosa, que chegou e assumiu a posição no setor sem dificuldades.

Assim, a diretoria da Raposa acertou o empréstimo do jogador para o São Paulo. Em sua chegada ao novo clube, o lateral-esquerdo não conseguiu se firmar e ganhou espaço apenas depois da troca de técnico, quando Rogério Ceni foi demitido e Dorival Júnior chegou ao clube.

LEIA MAIS:

MANO TERÁ QUE MUDAR CRUZEIRO DIANTE DO FLUMINENSE DEVIDO A DESFALQUE



Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.