Futebol

Vice-presidente do Inter diz que só o acesso já será satisfatório: “Nunca projetamos título”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Inter

Foto: Inter

Crédito: Foto: Site Inter

A rodada da Série B no último final de semana acabou sendo ingrata para o Inter. Além de ter apenas empatado em casa com o Vila Nova e adiado o acesso, o time gaúcho foi ultrapassado pelo América-MG na liderança da competição. Já garantido na primeira divisão, o Coelho venceu fora de casa o Figueirense e foi para o primeiro lugar com 66 pontos diante de 64 dos gaúchos.

Mas a situação não chega a preocupar a diretoria colorada. O clube coloca que o principal objetivo é a conquista do acesso, que pode ser concretizado nesta terça-feira em caso de vitória ou empate fora de casa contra o Oeste. Nesta segunda, em entrevista à Rádio Gre-Nal, o vice-presidente eleito João Patrício Hermann minimizou a disputa pela liderança com o América-MG e relembrou a temporada de 2016.

“O vexame nós passamos em 2016 ao cair para a Série B. E o importante agora é subir para Série A, mas nunca projetamos título”, lembrou o dirigente.

Hermann também fez uma reflexão sobre o primeiro ano da gestão do presidente Marcelo Medeiros no clube. Em sua visão, as mudanças necessárias no clube estão sendo feitas de modo lento e gradual.

“Quando as coisas não dão certo a culpa é sempre da diretoria. Os erros acontecem, mas nós temos que minimizar esses erros. O Inter está realizando uma renovação lenta e obrigatória, mas sabemos que isso não acontece da noite para o dia”, explicou.

Apesar de ter sua importância diminuída pelo dirigente, a liderança da Série B pode voltar a ficar com o Inter nesta terça-feira. Para isso, o colorado precisa vencer o Oeste em São Paulo e torcer por um tropeço do América-MG diante do Juventude em Minas Gerais.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Como o presidente do Inter justificou a demissão de Guto

Renato reclama de jogo em Caxias: “É um absurdo o Grêmio não mandar na Arena”

De 10 para 10: Douglas elogia D’Ale e revela bonito gesto do argentino