Futebol Europeu

Atlético de Madrid denuncia Barcelona por assédio a Griezmann

Publicado às

Estudante de Jornalismo, e apaixonado por futebol desde criança.

Atlético de Madrid

Crédito: Foto: Atlético de Madrid - Divulgação

O Atlético de Madrid promete mesmo dificultar a saída do atacante Griezmann na próxima janela de transferência, ele é cotado como provável reforço do Barcelona, no entanto, o clube colchonero já deu início a um processo contra a equipe de Catalunha junto a Fifa.

Na denúncia, o time madrilenho solicita que a entidade investigue o modo que a negociação está sendo conduzida pelo Barça, que por meio de dirigente já assumiu ter entrado em contato com representantes e familiares do atacante francês.

“O Atlético de Madrid denunciou o FC Barcelona pelos repetidos contatos com Griezmann e seus representantes, ao que nos consta. Ele é um atleta com contrato em vigor junto ao Atlético, por sinal, por um grande período (até 2022)”, disse um porta-voz oficial do clube colchonero ao jornal Mundo Deportivo.

Além disso, o Atlético de Madrid ainda se queixa que a competição ocorre entre clubes do mesmo país, alegando que o time catalão estaria adulterando o Campeonato Espanhol e a Copa da Liga. “Os movimentos do Barcelona podem violar os campeonatos, já que os dois clubes são, atualmente, os dois primeiros colocados do Espanhol”, completou o porta-voz.

Com todas as provas, a cúpula jurídica do Atlético quer o rival seja punido no artigo 18.3 do regulamento da Fifa, o mesmo se diz respeito à contratos e negociações com jogadores: “é necessário que o clube com objetivo de contatar qualquer atleta com vínculo contate, primeiramente, o atual clube do jogador comunicando a intenção por escrito. Assim, pode iniciar negociações”.

Ou seja, as negociações diretas entre jogador e clube só são permitidas quando o atleta está a menos de seis meses de encerrar seu contrato. Neste caso, qualquer um pode assinar um pré-contrato, a fim de que, quando termine o vínculo, o jogador possa se transferir.

LEIA MAIS:
APÓS DERROTA, DIRETORIA DO MILAN CANCELA JANTAR NATALINO E CONFIRMA CONCENTRAÇÃO DO ELENCO