Futebol

Bahia admite interesse em renovar com Régis, emprestado pelo Sport

Publicado às

Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/ECBahia

Após um ano e meio de empréstimo no Bahia, o meia Régis ainda não sabe qual camisa vestirá em 2018. Vice-artilheiro tricolor em 2017, o jogador é um dos desejos da diretoria para renovação de contrato.

Nesta última segunda-feira (18), o diretor executivo do Sport, Alexandre Faria, afirmou que o Bahia não teria feito nenhuma proposta oficial até então.

Já à noite, o diretor do Bahia, Diego Cerri, afirmou que o clube já deu os primeiros passos para tentar manter o jogador no Fazendão em 2018. Segundo o dirigente, as primeiras conversas foram feitas com o jogador e seu representante.

“O Régis é um atleta que a gente conversou. O empresário dele esteve aqui em Salvador, tanto o presidente Bellintani, eu e o Vitor (Ferraz) conversamos com eles. Enfim, ainda não sabemos qual vai ser o desfecho, mas é um jogador que a gente já conversou e agora estamos no momento de definições”, disse Diego Cerri, durante solenidade de posse da nova diretoria.

Até o dia 31 de dezembro, o Bahia tem direito a exercer a compra do jogador pelo valor de 2 milhões de euros (R$ 7 milhões), o que é improvável que aconteça. Outras opções seriam um novo empréstimo com compensação financeira ou a negociação do valor de compra. Régis disputou 49 jogos em 2017 e marcou 13 gols.

Régis tem seus direitos econômicos fatiados entre São Paulo (45%), Sport (40%) e empresário (15%). Seus direitos federativos são ligados ao clube pernambucano até maio de 2019.

LEIA MAIS:
Vídeos de Cristiano Ronaldo: veja os gols mais bonitos do craque
RODRIGO CAIO E MINA SÃO OS ZAGUEIROS MAIS VALIOSOS DO BRASILEIRÃO; VEJA O TOP-5